“Ewurade me wu!”

O temor saía das entranhas de Dominic Adiyiah. A frase em Twi, dialeto com o qual o atacante aprendeu a interpretar o mundo, e dominava seus pensamentos mais íntimos, acabou abafada pela reação da torcida no Soccer City, mas se tornou eloquente na exclamação de seus lábios. A Copa do Mundo era a linguagem universal que permitia a bilhões de pessoas diante da televisão se tornarem fluentes naquele idioma endêmico, entenderem perfeitamente o sofrimento do rapaz de 20 anos. E antes que a histeria ensurdecedora das vuvuzelas tomasse outra vez a atmosfera em Joanesburgo, o lamento já tinha ecoado. Não em forma de som, e sim como uma sina que o acompanharia.

“Deus, eu estou morto!”, disse, em outras palavras, Adiyiah.

Ele acabara de desperdiçar a quarta cobrança de Gana na disputa por pênaltis contra o Uruguai, que garantiria uma das seleções nas semifinais da Copa do Mundo de 2010. O camisa 18 caminhou algumas dezenas de metros até a linha do meio-campo, onde se juntou aos demais ganeses, desesperados pela oportunidade desmoronando diante dos olhos, após parecer tão certa. De lá, assistiu à cavadinha de Loco Abreu acariciar as redes e assegurar a Celeste na próxima fase do Mundial. E sentiu o arrebatamento de quem poderia ter proporcionado um momento único na história, mas viu seu sonho ser enterrado vivo, juntamente com o papel de herói, que romperia as fronteiras do continente.

Adiyiah não chorava apenas pelo pênalti defendido por Fernando Muslera. Ele se remoía pela cabeçada fulminante que passou pelo goleiro antes de parar nas mãos de Luis Suárez em cima da linha. Pelo gol negado nos acréscimos do segundo tempo da prorrogação, já suficiente para botar Gana na semifinal. O lance gerou uma penalidade, perdida por Asamoah Gyan, descaminho responsável por levar, minutos depois, o próprio jovem à marca da cal. Mente virada do avesso, tomada pelos inescapáveis ‘e se…’ espalmados ilegalmente, o ganês ainda precisou se submeter à pressão dos 11 metros. Falhou. Rogou a Deus. Questionou a existência.

Leia o texto completo no Puntero Izquierdo