O PSG está jogando só para cumprir tabela no Campeonato Francês e, por isso mesmo, joga livre, leve e solto. Para não dizer que os jogos não valem nada, o atacante Kylian Mbappé tem a motivação de marcar mais e mais gols e aumentar o seu recorde como o grande artilheiro da Ligue 1. E até mais: ele está na disputa com Lionel Messi pela Chuteira de Ouro. Diante do Dijon, neste sábado, o time não teve Neymar, mas contou com um arsenal de gols e 4 a 0 no placar.

O primeiro gol do jogo veio com Di Maria, aos três minutos, marcou um golaço, colocado. Um minuto depois, foi Di Maria quem cruzou para Cavani, sozinho, marcar – uma moleza da defesa do Dijon ao camisa 9, capitão do time na partida com a ausência de Thiago Silva e Marquinhos.

Aos 36 minutos, o gol era para ser de Cavani, mas ele não conseguiu empurrar para a rede e foi Mbappé que chegou chutando, chutando a bola na rede. No segundo tempo, veio mais um gol, outro gol belíssimo, aos 11 minutos, em uma arrancada, que culmina com uma cavadinha.

O PSG chegou a 91 pontos em 37 jogos, com 104 gols marcados e 32 sofridos. Mbappé chegou a 32 gols marcados, uma vantagem imensa para o segundo colocado na artilharia, Nicolas Pepe, do Lille, que tem 22. Cavani vem em seguida, com 18. Ainda no PSG, Neymar tem 15 gols marcados na Ligue 1.

Ainda falta uma rodada da Ligue 1 e o PSG enfrenta o Reims fora de casa na próxima sexta. Com 32 gols na temporada, Mbappé ainda terá mais essa partida para ampliar a sua marca e tentar alcançar Lionel Messi, do Barcelona, que tem 34 gols. Messi ainda joga mais duas partidas, mas só uma delas conta para a Chuteira de Ouro: neste domingo, pelo Campeonato Espanhol, contra o Eibar. Depois, ainda joga a final da Copa do Rei contra o Valencia, no dia 25. O argentino é favorito, mas já que a liga está decidida, quem sabe Mbappé ainda pode marcar mais alguns gols e torcer contra o argentino para levar esse prêmio?