O Paris Saint-Germain foi notificado nesta quinta-feira pela Liga Francesa por quebrar as regras da entidade ao impedir que o atacante Péguy Luyidula utilize as instalações do clube. O jogador, cujo contrato se encerra no final da temporada, não foi incluído no elenco pelo técnico Antoine Kombouare no início da temporada. O clube anunciou que acatará a decisão.

Segundo a regulamentação da liga, os atletas com contrato profissional precisam ter as mesmas facilidades. Luyindula estava treinando em um campo separado do centro de treinamentos, destinado aos reservas e ao time de rúgbi.

“Eu retorno como se nada tivesse acontecido. Estou contente de voltar a treinar com meus companheiros amanhã. Esta não é uma vitória. Tudo o que fiz foi me defender. Eu não estava me sentindo bem treinando no campo reservas. Agora vou para um vestiário que conheço bem”, afirmou o jogador, após o PSG anunciar que acatará a decisão.

No início da temporada, Kombouaré não especificou a razão do desligamento do atacante. Luyindula chegou ao PSG em 2007, contratado junto ao Olympique de Marseille. Entre 2004 e 2009, o jogador de 32 anos atuou em seis partidas pela seleção francesa e anotou um gol.