Embora tenha se precipitado para decretar o fim do campeonato, a Ligue 1 é agora a primeira grande competição europeia a sinalizar uma volta dos torcedores aos estádios. Isso porque o governo francês anunciou na sexta-feira (19) que, a partir de 11 de julho, locais de eventos esportivos serão reabertos ao público, com uma capacidade máxima de cinco mil pessoas.

A medida, portanto, afetaria diretamente a nova temporada da Ligue 1, que deve começar no fim de agosto. A essa altura, contanto que as condições sanitárias sigam permitindo, o Campeonato Francês daria seu pontapé inicial já com torcedores nas arquibancadas. O limite poderia até ser expandido, a depender de uma revisão da situação que deverá ser feita pelo governo no meio de julho.

A decisão da França foi divulgada depois de uma reunião do Conselho de Defesa e Segurança Nacional. A medida faz parte de outras novidades anunciadas, entre elas: a partir desta segunda-feira (22), os esportes coletivos poderão ser retomados no país, “com medidas de prevenção adaptadas às diferentes categorias de atividade”. Esses passos, no entanto, ainda serão determinados.

A data de 11 de julho para a volta do público em número reduzido aos estádios não é aleatória, coincidindo com o fim do atual estado de urgência sanitária na França. Segundo a emissora France Info, o limite de cinco mil pessoas nos estádios é válido até 1º de setembro, mas, como destacou o governo, “uma nova análise da situação epidemiológica nacional será realizada no meio de julho para decidir se um relaxamento é possível para a segunda parte do mês de agosto”.

A situação da pandemia na França está sob controle já há algumas semanas. Em 11 de maio, o país iniciou um processo de desconfinamento progressivo, e hoje até mesmo bares e restaurantes já estão abertos, tendo que garantir que seus clientes respeitem regras de distanciamento. Nas últimas 24 horas, 14 óbitos por Covid-19 foram registrados em solos franceses. O número de pacientes em estado crítico segue diminuindo, atualmente em 727 – em seu ápice, registrado em 8 de abril, eram 7.148.