O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, não vê um cenário onde o Liverpool não seja o campeão inglês da temporada. Nesta segunda-feira, o dirigente afirmou que os Reds certamente vencerão, se a temporada continuar. O time comandado por Jürgen Klopp está 25 pontos à frente do segundo colocado, Manchester City, com oito jogos para o fim da Premier League.

“Eu não vejo como o Liverpool ficar sem o título. Se o campeonato continuar, eles quase que certamente irão vencer – teoricamente, não chegou ao nível de garantido, mas é muito próximo”, afirmou o dirigente da Uefa ao Ekipa, veículo de esportes da Eslovênia, seu país de origem.

“Contudo, se não puder ser jogado, seria necessário anunciar os resultados de alguma forma e encontrar alguma chave de como o campeão será determinado. E, é claro, novamente eu não vejo um cenário em que não seria o Liverpool”, continuou Ceferin.

“Eu entendo que os torcedores ficariam decepcionados se isso acontece em um estádio vazio ou mesmo só pela tabela, mas eu acredito que eles irão vencer esse título de uma maneira ou de outra”, afirmou o presidente da Uefa.

Apesar da emergência de saúde que vivemos, Ceferin acredita que tanto Espanha quanto Itália irão retomar seus campeonatos e terminar a temporada. “Eu sou otimista que veremos a conclusão do Campeonato Espanhol, eu sou otimista que veremos a conclusão do Italiano, eu sou otimista em geral”, disse.

“É claro, eu não posso garantir nada, eu não posso prometer nada. Isso irá depender da situação nos países individualmente, irá depender se as circunstâncias são boas o suficiente para evitar colocar qualquer um em risco ao jogar futebol”, concluiu Ceferin.

A Uefa suspendeu as competições há alguns dias. No dia 17 de abril, adiou a Eurocopa de 2020 para 2021, de forma a dar espaço de manobra para as ligas nacionais tentarem terminar seu campeonato. No dia 1º de abril, ampliou as suspensões para as competições de clubes, também dando preferência ao término das ligas nacionais. Ninguém sabe quando nem se será possível voltar a jogar nos próximos meses.