A Premier League não seguiu os passos das outras grandes ligas da Europa, que já implementaram o VAR. Enquanto Bundesliga e Serie A aplicam o sistema desde a temporada passada, La Liga e Ligue 1 abraçaram a inovação em suas atuais edições. Já os ingleses mantinham o pé atrás por conta de experiências ruins na Copa da Inglaterra e outras reticências ligadas à transparência do sistema em relação aos telespectadores. Entretanto, as percepções têm mudado diante dos últimos exemplos relacionados ao vídeo. Segundo a Sky Sports, o Campeonato Inglês começará a testar o árbitro de vídeo nesta temporada.

A organização de árbitros da Inglaterra espera provar que o sistema está pronto, antes de fazer a proposta aos acionistas da Premier League para a introdução da tecnologia, visando a próxima temporada. Desta maneira, na rodada de 15 de setembro, a central do VAR funcionará offline. Será um exercício para ver como os árbitros encarregados de analisar o vídeo lidarão com a atividade envolvendo diferentes partidas ao mesmo tempo. O cenário será o mesmo que ocorreria nos dias de jogo, embora sem qualquer contato entre os profissionais na central e os árbitros em campo. Assim, outras rodadas da competição seguirão com a mesma preparação.

Por enquanto, o VAR deve atuar nas fases mais agudas da Copa da Inglaterra e também na Copa da Liga Inglesa. As autoridades da Premier League temiam que a implementação acelerada do sistema pudesse tornar a competição mais suscetível a problemas na aplicação da tecnologia. Além da experiência interna dos árbitros, os exemplos consolidados nos outros países europeus podem indicar qual o melhor caminho a se seguir. Uma novidade que logo deve se tornar uma via sem retorno.


Os comentários estão desativados.