A Premier League anunciou que irá adotar a tecnologia na linha do gol a partir da próxima temporada. A decisão para usar o sistema foi aprovada de forma unânime pelos 20 clubes participantes, em uma reunião com o presidente da EPL. A Fifa já usou esse tipo de tecnologia no Mundial de Clubes de 2012 e será usado na Copa das Confederações, em junho deste ano, e Copa do Mundo de 2014. No Mundial de Clubes, o Hawk-Eye foi um dos dois sistemas usados na competição.

“A Premier League tem o prazer de anunciar que concedeu ao Hawk-Eye [“olho de falcão”], o líder mundial de instrumentos de processamento de visão para o esporte, o contrato para fornecer o sistema de tecnologia na linha de gol para todos os 20 membros para todas as 380 partidas da Premier League”, diz uma nota oficial da entidade. “Será a primeira vez que a tecnologia na linha do gol será usada em uma competição doméstica”.

A Hawk-Eye é uma empresa britânica que ficou conhecida pela tecnologia que fornece para o tênis, quando os jogadores pedem desafios para jogadas. A empresa diz que o seu sistema é “milimetricamente preciso garantindo que nenhum replay de transmissão de TV possa refutar a decisão”. Assim como o sistema usado pela Fifa, o da Premier League irá notificar o árbitro em até um segundo quando a bola cruzar a linha do gol.

O sistema usa sete câmeras atrás de cada um dos gols e levará seis semanas para que a instalação seja completada nos estádios dos 20 clubes da Premier League. O sistema é parecido com o GoalControl, uma empresa alemã que foi venceu a licitação para fornecer o equipamento para a Copa das Confederações. Ambas usam 14 câmeras, sete em cada gol, para compor a imagem e informar ao árbitro em um segundo se a bola entrou. A Hawk-Eye mostra em um vídeo o funcionamento do sistema:

Hawk-Eye Goal Line Technology from Pulse / Hawk-Eye on Vimeo.