Preciso, Al-Sadd vence Esperance e enfrenta o Barcelona

Em um jogo que criou poucas chances, o Al-Sadd venceu o Esperance por 2 a 1 neste domingo, pelo Mundial de Clubes. O campeão asiático passou a maior parte do tempo se defendendo, mas mesmo assim conseguiu marcar duas vezes e eliminar o campeão africano.

Nos oito primeiros minutos do jogo, Yannick Ndjeng, atacante camaronês do Esperance, teve suas chances de gol, mas o goleiro Mohamed Saqr acabou impedindo o gol. Era pressão dos tunisianos, que criava chances e jogava o Al-Sadd para dentro do seu campo.

Só que aos 34 minutos, o Al-Sadd aproveitou a chance que teve. Em um chute de Kader Keita da direita, o goleiro Moez Ben Cherifia espalmou para trás e Khalfan Al Khalfan aproveitou para chegar por trás e tocar de cabeça para marcar 1 a 0.

Depois do intervalo, o Al-Sadd jogou um balde de água fria nas esperanças do Esperance. Nadir Belhadj cobrou falta para a área, o sul-coreano Lee Jung-Soo tocando de cabeça para o meio da área onde estava Abdulla Koni, livre, para tocar para as redes: 2 a 0.

Em cobrança de falta de Ousama Darragi, a bola passou por todo mundo e enganou o goleiro Mohamed Saqr e entrou: 2 a 1, aos 15 minutos. O Esperance, então, partiu para tentar o empate e chegou a marcar o segundo gol. Aos 34, Ndjeng recebeu e mandou para as redes, mas o assistente marcou impedimento e o gol foi anulado.

A vitória leva o Al-Sadd para a semifinal, onde os campeões asiáticos enfrentarão o Barcelona, campeão europeu. O Esperance irá disputar o play-off pelo quinto lugar do torneio.

FICHA TÉCNICA

Esperance 1×2 Al-Sadd

Local: Estádio Toyota, em Toyota (JAP)
Data: 11/dez, domingo
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Gols: OUsama Darragi aos 15’/2T (Esperance), Khalfan Al Khalfan aos 33’/1T, Abdulla Koni aos 4’/2T (Al-Sadd)
Cartões Amarelos: Khaled Mouelhi, Oualid Hichri (Esperance), Abdulla Koni, Kasola Mohammed (Al-Sadd)

Esperance
Moez Ben Cherifia; Banana Yaya, Khelil Chammam, Idrissa Coulibaly (Harrison Afful no intervalo) e Oualid Hichri; Mejdi Traoui, Ousama Darragi (Khaled Ayari aos 28’/2T), Youssef Msakni e Khaled Mouelhi; Wajdi Bouazzi e Yannick Ndjeng. Técnico: Nabil Maaloul

Al-Sadd
Mohamed Saqr; Abdulla Koni, Ibrahim Abdulmajed, Lee Jung Soo e Nadir Belhadj; Wesan Rizki Abdulmajid (Tahir Muhammad Muhammad aos 25’/2T), Talal Albloushi, Mohammed Kasola e Abdoul Kader Keita; Khalfan Al Khalfan (Yousef Ali aos 34’/2T) e Mamadou Niang (Hasan Al Haydos aos 45’/2T). Técnico: Jorge Fossati