Nesta segunda-feira foi o dia de Roy Hodgson anunciar os 26 nomes que compõem a lista de pré-convocação da Inglaterra para a Eurocopa deste ano. Dentre os destaques, estão o atacante Jamie Vardy e o volante Danny Drinkwater, dupla do Leicester que subiu no conceito do técnico inglês após a brilhante campanha pelos Foxes e a boa atuação nos amistosos contra a Alemanha e a Holanda. Hodgson tem até o fim do mês para continuar avaliando seus escolhidos e cortar três nomes da lista, para que fique com os 23 jogadores que vão vestir a camisa da seleção inglesa na disputa da taça da Eurocopa.

LEIA TAMBÉM: Jamie Vardy: o operário que virou artilheiro da Premier League

As mudanças desde a última convocação são a saída do goleiro Jack Butland, do Stoke City, para a entrada de Tom Heaton, do Burnley, campeão da segunda divisão. O zagueiro Phil Jagielka, do Everton, foi um dos nomes excluídos por Hodgson, além da dupla de atacantes do Arsenal Theo Walcott e Danny Welbeck. Outro nome que fez falta foi o de Leighton Baines, do Everton, jogador que tem tradição na lateral esquerda da seleção inglesa. O mau desempenho do time que defende na temporada definitivamente não é desculpa para a não-convocação, já que o treinador voltou a chamar Andros Townsend, do rebaixado Newcastle. O volante Michael Carrick, do Manchester United, é outro que parece ter perdido de vez sua vaga na seleção para Danny Drinkwater, do Leicester. Será que ele mereceu?

Marcus Rashford, jovem promessa do Manchester United, é a grande novidade na pré-seleção. A lista de possíveis nomes para a Euro também conta com a volta do companheiro de equipe de Rashford, Wayne Rooney, que não jogou os amistosos de março por conta de lesão, de Jack Wilshere, do Arsenal, e do meia Fabian Delph, do Manchester City, cuja última aparição pela seleção da Inglaterra foi desaprovada pelos ingleses. O zagueiro e voltante de 22 anos dos Spurs, Eric Dier, é mais um jogador que se consolida no elenco formado por Hodgson.

Confira os pré-selecionados para a fase final da Eurocopa 2016:

Goleiros: Fraser Forster (Southampton, 28 anos), Joe Hart (Manchester City, 29 anos) e Tom Heaton (Burnley, 30 anos).

Defensores: Ryan Bertrand (Southampton, 26 anos), Gary Cahill (Chelsea, 30 anos), Nathaniel Clyne (Liverpool, 25 anos), Danny Rose (Tottenham, 25 anos), Chris Smalling (Manchester United, 26 anos), John Stones (Everton, 21 anos) e Kyle Walker (Tottenham, 25 anos).

Meio-campistas: Dele Alli (Tottenham, 20 anos), Ross Barkley (Everton, 22 anos), Fabian Delph (Manchester City, 26 anos), Eric Dier (Tottenham, 22 anos), Danny Drinkwater (Leicester, 26 anos), Jordan Henderson (Liverpool, 25 anos), Adam Lallana (Liverpool, 28 anos), James Milner (Liverpool, 30 anos), Raheem Sterling (Manchester City, 21 anos), Andros Townsend (Newcastle, 24 anos) e Jack Wilshere (Arsenal, 24 anos).

Atacantes: Harry Kane (Tottenham, 22 anos), Marcus Rashford (Manchester United, 18 anos), Wayne Rooney (Manchester United, 30 anos), Daniel Sturridge (Liverpool, 26 anos) e Jamie Vardy (Leicester, 29 anos).