O técnico da seleção italiana, Cesare Prandelli, garantiu a convocação de Mario Balotelli, Antonio Cassano e Antonio Di Natale para a Eurocopa. Por diferentes motivos, os três eram dúvidas para o elenco da Azzurra que vai à Polônia e Ucrânia, em junho.

Dois veteranos, porém, foram descartados: Francesco Totti e Alessandro Del Piero. O jogador da Roma chegou a ter bons momentos na temporada, mas, assim como todo o time, não conseguiu ter regularidade. Já Del Piero foi reserva da Juventus em toda a temporada.

No domingo, Prandelli deve anunciar uma pré-convocação para a Eurocopa no domingo, com 30 nomes. O técnico confirmou a presença dos três atacantes. “Não haverá surpresas no elenco. Totti e Del Piero? Como eu disse antes, eu irei apenas considerá-los em uma emergência. Eu prefiro dar uma chance a jovens como Fabio Borini, da Roma”, disse o técnico ao Corriere della Sera.

“Cassano mostrou que ele ama a seleção e ele fez tudo que pode para recuperar-se por completo o mais rápido possível. Ele colocou pressão nos médicos então ele pode retornar e nos dar uma ajuda”, disse Prandelli.

“Balotelli não pode fazer mais cometer mais nenhum erro, mas estou confiante que ele não cometerá. Nós precisamos dar aos jogadores com talento uma chance extra e não há dúvida que ele tem um talento especial”, explicou ainda o treinador da Azzurra.

“Eu não concordo com qualquer um que argumente que Toto Di Natale não merece estar na seleção. Ele marcou mais de 100 gols em três anos e pode ser muito útil para nós”, elogiou o treinador. Di Natale foi artilheiro da Serie A por duas temporadas consecutivas, em 2010 e 2011. Nesta temporada, Di Natale marcou 22 gols e está atrás de Diego Milito e Edinson Cavani (23) e Zlatan Ibrahimovic (28).