Prandelli: “Futebol italiano vender Verratti é escandaloso”

Treinador da seleção italiana declarou que os clubes do país precisam investir no futuro, não vender jovens promessas a clubes estrangeiros

Técnico da seleção italiana, Cesare Prandelli declarou-se descontente com os rumos atuais do futebol no país. Diante da crise econômica que vive a Itália, o treinador compreende que os clubes diminuam os gastos. Entretanto, Prandelli afirmou que é “escandaloso” vender os jovens talentos que surgem no calcio.

“Se nós não somos competitivos economicamente, precisamos ser em nível técnico. Temos que investir no futuro. É escandaloso que um jogador como Verratti vá para um clube estrangeiro. Nosso futebol precisa se movimentar para se autorrenovar. É preciso parar de tentar ser o mais esperto e começar a trabalhar para ser o melhor”, apontou.

Verratti foi pré-convocado para a Euro 2012, se tornando nome frequente nas listas de Prandelli depois disso. Revelado pelo Pescara e um dos destaques da Serie B 2011/12, o meio-campista foi vendido ao Paris Saint-Germain por € 12 milhões. O italiano participou das seis rodadas da Ligue 1 com o clube parisiense, titular em quatro delas.

O próprio Verratti confirmou que não se arrepende da ida à França, apesar do interesse da Juventus em sua contratação: “Eu fiz minha decisão quando escolhi o PSG e estou muito feliz neste clube. Não me arrependo sobre a escolha e estou pronto para recompensar a confiança que depositaram em mim. Não estou pensando no que poderia ter feito, mas no que poderei fazer”.