O técnico Cesare Prandelli afirmou que a seleção italiana vai sem maiores temores para o confronto contra a Sérvia, em Belgrado. O confronto desta sexta-feira é válido pelo Grupo C das Eliminatórias da Eurocopa 2012.

A partida marca o reencontro entre as seleções desde os incidentes ocorridos em outubro do ano passado. Na ocasião, a partida foi cancelada aos sete minutos do primeiro tempo, depois que torcedores sérvios arremessaram sinalizadores no gramado do estádio Luigi Ferraris, em Gênova. A UEFA deu a vitória à Itália pelo placar de 3 a 0.

“Nós não temos medo da partida em Belgrado. Não haverá nenhum tipo de problema com os torcedores. A Sérvia precisa da vitória e nós já estamos classificados. Não quero especular sobre o resultado, mas eu espero uma grande atuação de nosso time”, afirmou Prandelli.

A Itália está na ponta do Grupo C, com 22 pontos em oito partidas. Já a Sérvia está na segunda posição, com 14 pontos, e disputa uma vaga na repescagem com Estônia, Eslovênia e Irlanda do Norte. Uma vitória garante a vice-liderança dos sérvios. Na próxima semana, pela última rodada da chave, Sérvia pega a Eslovênia fora de casa, enquanto a Itália recebe a Irlanda do Norte em Pescara.

Apesar do lugar garantido na fase final da Euro, Prandelli reafirmou a importância das partidas para a seleção italiana: “Essas são partidas oficiais, não amistosos. Nós iremos fazer o nosso melhor”.