Este domingo é especial. Ao redor do Brasil, vários campeonatos estaduais começam as suas finais. Tem clássico para todo o lado: São Paulo x Corinthians, Grêmio x Internacional, Vasco x Flamengo, Cruzeiro x Atlético Mineiro, Fortaleza x Ceará, Náutico x Sport e muito mais. E sabemos que tanto jogo interessante deixa nossos leitores ávidos por debates. Por isso, abrimos esse post para os seus comentários durante os jogos das 16h, atualizando-o na sequência com o que de melhor aconteceu no futebol brasileiro.

Alagoano

Jogo de ida no Rei Pelé. O CSA venceu o CRB por 1 a 0, gol de Robinho, no começo do segundo tempo, e pode empatar a volta, domingo que vem, também no Rei Pelé. Derrota por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis.

Baiano

No estádio Joia da Princesa, Bruninho colocou o Bahia de Feira à frente no placar, mas Rogério empatou para o Bahia, aos 52 minutos do segundo tempo. O time da casa ainda teve um gol anulado. Quem ganhar a volta, na Fonte Nova, domingo que vem, fica com o título.

Carioca

Abel Braga surpreendeu com Arrascaeta titular e Diego no banco de reservas. E quem brilhou foi Bruno Henrique, com dois gols – e outro anulado com a ajuda do assistente de vídeo – na vitória por 2 a 0 que deixa o Flamengo em ótima situação para ser campeão carioca, no próximo fim de semana, no Maracanã.

Catarinense

O domingo foi de semifinais. Avaí e Criciúma ficaram no empate por 1 a 1, com o Leão da Ilha classificado nos pênaltis. Na Arena Condá, a Chapecoense venceu o Figueiense, por 1 a 0. No próximo domingo, Avaí e Chape decidem o título.

Cearense

Edinho foi duas vezes às redes, e o Fortaleza ganhou do Ceará, por 2 a 0, apesar de ter tido um jogador – Júnior Santos – expulso no começo do segundo tempo.

Gaúcho

As defesas prevaleceram no Beira-Rio, e Internacional e Grêmio não saíram do 0 a 0. Na próxima quarta-feira, na Arena, quem vencer fica com o título. O empate leva aos pênaltis.

Goiano

Grande vantagem para o Atlético Goianiense no primeiro jogo da final. Gilsinho, Matheus e Madson construíram a vitória por 3 a 0 sobre o Goiás. No próximo domingo, apenas com torcedores esmeraldinos no estádio, o Dragão pode perder por até dois gols de diferença.

Mato-Grossense

Na Arena Pantanal, o Cuiabá venceu o Operário-VG por 2 a 0 e abriu vantagem para o jogo de volta, no próximo domingo, também no estádio da Copa do Mundo.

Mineiro

Em crise, o Atlético Mineiro chegou a empatar o primeiro clássico da decisão, com Ricardo Oliveira, depois de Marquinhos Gabriel abrir o placar, mas, pouco depois, Léo garantiu a vantagem para o Cruzeiro e a vitória por 2 a 1. Jogo de volta no próximo domingo, no Independência.

Paraense

Debaixo de forte chuva, o primeiro jogo da final do Campeonato Paraense teve apenas um gol: contra. O zagueiro Marcão tentou rifar a bola e mandou contra o próprio patrimônio, dando ao Independente a vitória por 1 a 0 sobre o Remo. Domingo que vem, a volta no Mangueião.

Paraibano

O Paraibano realizou os jogos de volta das semifinais. Atlético e Campinense voltaram a empatar por 1 a 1, e o Campinense passou nos pênaltis. No outro jogo, o Botafogo ganhou do Nacional de Patos, por 1 a 0, e com o placar agregado de 3 a 1 avançou à final, a partir de quarta-feira.

Paulista

Outra final sem gols. No Morumbi, o Corinthians segurou o São Paulo, novamente com a ajuda de Cássio, e a decisão fica para Itaquera, no próximo fim de semana.

Paranaense

O Athletico Paranaense teve muito mais volume, mas, nos acréscimos, Fandinho encontrou um gol para o Toledo, que leva a vantagem por 1 a 0 para a volta, na Arena da Baixada, no próximo domingo.

Pernambucano

O Náutico recebeu o Sport, nos Aflitos, e perdeu uma sequência de 18 jogos invicto, graças a um gol de Ezequiel. O Sport pode até empatar na Ilha do Recife que será campeão.

Sul-Mato-Grossense

Vantagem para o Águia Negra, que ganhou do Aquidauanense, de virada e fora de casa, por 2 a 1, e pode perder a volta por um gol de diferença que ainda será campeão.