Portugal

No aniversário da morte de Eusébio, o Benfica prestou um lindo tributo ao eterno craque

As memórias de Eusébio no Estádio da Luz serão eternas. Não apenas pelos grandes títulos que o craque conquistou pelo Benfica. Mas porque, sem o Pantera Negra, os encarnados não seriam tão grandes. O artilheiro transformou a força portuguesa em potência europeia, dona de dois títulos europeus. Deixou uma lacuna enorme em frente aos olhos dos benfiquistas, embora siga em seus sonhos e em seus corações. Não à toa, o primeiro aniversário de sua morte rendeu uma grande homenagem nas arquibancadas da Luz, neste sábado.

Antes da partida contra o Vitória de Guimarães, o tributo preparado pelos encarnados se assemelhou mesmo ao feito logo após o falecimento. Bandeirões foram estendidos na torcida e no gramado, enquanto os jogadores vestiram camisas com a frase “Eusébio sempre”. E não houve melhor maneira de honrar a memória de Eusébio do que com a vitória. Jonas, Ola John e Nico Gaitán marcaram no triunfo por 3 a 0, que permitiu aos lisboetas abrirem nove pontos de vantagem sobre o Porto na liderança. O Pantera, com certeza, estaria orgulhoso.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo