Portugal

Júlio César contribui para a maior vitória do Sporting no Estádio da Luz em 28 anos

Júlio César era uma criança de oito anos que sonhava em ser jogador de futebol na última vez que o Sporting visitou o Benfica, no Estádio da Luz, e voltou com um resultado tão expressivo quanto o deste domingo. A vitória por 3 a 0 foi a maior dos Leões sobre o grande rival de Lisboa, fora de casa, desde a Supertaça de Portugal, em 1987, e o ex-goleiro da seleção brasileira teve uma grande parcela de responsabilidade para que isso acontecesse.

LEIA MAIS: Ex-árbitro denuncia assédio de chefe para favorecer Benfica

Todos os gols da partida saíram no primeiro tempo. Theo Gutiérrez abriu o placar, aos 9 minutos. Um passe em profundidade da esquerda achou o colombiano dentro da área, e Júlio César errou a saída do gol para interceptar a bola, facilitando a vida do atacante adversário. Foi a sua grande falha na partida. Nos outros dois tentos, de Slimani e Bryan Ruiz, poderia ter feito um trabalho melhor, principalmente no terceiro, quando cai no chão antes mesmo do costarriquenho finalizar. Mas, cara a cara, dificilmente teria feito a defesa.

Independente dos vacilos de Júlio César, o Sporting foi o melhor time em campo durante boa parte do jogo, e o Benfica teve tempo para se recuperar e não conseguiu. Foi também simbólico para Jorge Jesus, ex-técnico dos Encarnados, que visitou a Luz pela primeira vez como treinador dos Leões, e já conseguiu uma grande vitória.

Afinal, o Sporting lidera o Campeonato Português com 20 pontos contra 18 do Porto e sonha com o seu primeiro título desde 2002. O Benfica, após oito rodadas, é apenas o oitavo colocado e está a oito pontos do primeiro colocado.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo