Portugal

Dirigente critica convocação de Liedson por Portugal

O presidente do Sindicado de Jogadores de Portugal, Joaquim Evangelista, lançou duras críticas ao presidente da federação portuguesa, Gilberto Madail, e ao técnico da seleção do país, Carlos Queiroz. Nesta sexta-feira, o atacante Liedson confirmou que concluirá em breve sua naturalização como português, o que o permitiria atuar na seleção.

“O Liedson é português, e está em condições de exercer os seus direitos. Ele pode ser, por exemplo, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, o que faria melhor do que como atacante, mas não tem necessariamente que ser convocado para a seleção nacional”, disse o dirigente, que ressaltou que não tem nada contra a naturalização do atacante.

Criticando também o treinador do time nacional, Evangelista afirmou que Queiroz “está ligado a uma geração de jogadores portugueses que fizeram a diferença e, estranhamente, convoca jogadores pelo lado da política oportunista, por resultados imediatos”.

“Nada nos garante que Liedson seja uma mais-valia, ou que faça a diferença”, concluiu, referindo-se às próximas partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo, essenciais para a classificação de Portugal.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo