Portugal

Aula de marketing: Porto leva 23 mil pessoas a treino aberto em pleno 1º de janeiro

Dia 1º de janeiro, logo depois do almoço. Há quem tire um cochilo revigorante, quem se acabe na sobremesa, quem jogue conversa fora. Ou quem vá assistir ao treino do time de coração. Pois foi esta última opção que levou 23 mil pessoas ao estádio do Dragão no primeiro dia de 2015. Passava das 14h em Portugal quando o Porto abriu os portões de sua casa para a atividade que já está se tornando uma tradição, mas que desta vez bateu o recorde de participação da torcida.

LEIA TAMBÉM: Presidente do Sporting arruma outro inimigo: o próprio técnico

Com entrada gratuita, o que se viu no estádio foi uma grande festa azul e branca, em clima de harmonia entre jogadores, comissão técnica e torcedores. Ver os dragões treinando (naquela que é a única atividade aberta ao público em todo o ano) tornou-se um programa familiar, que desta vez superou de longe o recorde de 14 mil espectadores em 2013.

A festa começou com dois DJs animando os presentes por cerca de uma hora. Depois disso, os jogadores entraram em campo carregando cachecóis, que foram entregues a alguns sortudos nas arquibancadas. O treino foi típico: atividades físicas no início, roda de bobinho e trabalho em campo reduzido. No final, os jogadores voltaram a saudar o público e o técnico Julen Lopetegui, de microfone em punho, fez um rápido e entusiasmado discurso no centro do campo.

O treino aberto do Porto é uma lição de marketing. O clube conseguiu transformar uma data “morta” no calendário num evento capaz de dar visibilidade e levar a equipe ao topo do noticiário, num dia em que a imprensa esportiva carece de notícias nacionais. E tudo isso de forma simples. Afinal, os jogadores realmente teriam de treinar, já que o campeonato prossegue neste final de semana. O clube só precisa divulgar e organizar um evento que acontece em seu próprio estádio, algo bem simples de se fazer.

A atividade é um prato cheio para a torcida. Na carona da comilança do réveillon, pode-se ver de perto os ídolos e conhecer com calma as instalações do estádio do Dragão – algo quase impossível de se fazer durante os jogos, seja pela lotação ou pela necessidade de sentar-se em local demarcado. É uma grande oportunidade também para quem não tem condições de ir às partidas, por não conseguir pagar pela entrada ou por não achar ingressos disponíveis. E os pais conseguem levar as crianças sem maiores preocupações, ajudando a formar a nova geração de torcedores.

No final do treino deste ano, o técnico Julen Lopetegui disse aos torcedores que o Porto tem “grandes objetivos, nacionais e internacionais, para 2015”. As 23 mil pessoas vibraram quando ele lembrou que o time é o único representante português nas oitavas de final da Liga dos Campeões, numa referência às eliminações precoces dos rivais Benfica e Sporting. Lopetegui encerrou o discurso exaltando a torcida e entoando um grito de guerra: “Estes rapazes têm muita força, mas com vocês são ainda mais fortes. Somos Porto! Força Porto!”

O treinamento aberto de 2015 serviu também para outra finalidade importante: mostrar ao novo técnico (que assumiu o time nesta temporada) e a jogadores que participaram da atividade pela primeira vez o tamanho do clube em que trabalham. Claro que ninguém assina contrato com o Porto sem conhecê-lo, mas ver 23 mil pessoas se deslocando para assistir a um mero treino em pleno 1º de janeiro vale mais do que qualquer leitura sobre a história dos dragões.

O próprio treinador reconheceu isso ao se dizer “impressionado” com o que viu. “Não é normal esta mostra de apoio e de carinho. O número de espectadores é extraordinário para um treino e isso mostra a força dos torcedores, do clube e da cidade. Temos uma responsabilidade grande, mas fantástica, e que é sempre mais confortável com o apoio e a energia da torcida. Os jogadores também veem isso”, disse ao canal de TV do clube.

De maneira simples, inteligente e barata, o Porto consegue realizar uma bela ação de marketing, se aproximar da torcida e demonstrar sua força. É uma lição para os rivais.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo