Houve momentos durante os dois primeiros jogos deste domingo pelas Eliminatórias da Eurocopa em que Portugal estava eliminado. Houve outros nos quais um gol de Luxemburgo, o que não parecia tão difícil de acontecer quanto deveria, colocaria a Sérvia à frente do atual campeão europeu. Apesar dos riscos, Cristiano Ronaldo e companhia confirmaram a vaga na Euro de 2020 com a vitória por 2 a 0 sobre Luxemburgo.

O horroroso gramado do estádio Josy Bathel não contribuiu para tirar o melhor do técnico time português, com Pizzi, Bruno Fernandes, Bernardo Silva e Cristiano Ronaldo. Enquanto o 0 a 0 perdurava, com Luxemburgo fazendo investidas periódicas para abrir o placar, a Sérvia abria o placar contra a classificada Ucrânia, com um gol de pênalti de Dusan Tadic.

Por volta dos 30 minutos, os ânimos portugueses foram acalmados, quando Romam Yaremchuk empatou para a Ucrânia, de cabeça. Pouco depois, Bruno Fernandes apareceu livre para receber o passe de Bernardo Silva e soltar um forte chute rasteiro para fazer 1 a 0 a favor de Portugal.

No entanto, aos 11 minutos do segundo tempo da partida em Belgrado, Aleksandr Mitrovic fez 2 a 1 para a Sérvia e, durante uma longa meia hora, qualquer jogada bem encaixada de Luxemburgo poderia significar desespero aos portugueses, que se apoiavam apenas na enorme dificuldade de Luxemburgo para encaixar boas jogadas.

Cristiano Ronaldo, em busca de seu centésimo gol por Portugal, alcançou 99, a quatro minutos do fim, e passou alguma tranquilidade ao seu povo. Nos acréscimos, Artem Besedin ainda empatou a favor da Ucrânia, invicta líder do Grupo B, com 20 pontos, três a mais que Portugal, dono da segunda vaga. A Sérvia ficou em terceiro, com 14.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.

.

.