Porto vira sobre o Shakhtar, em jogo de gols brasileiros

O atual campeão da Liga Europa começou bem sua temporada na Liga dos Campeões. Jogando em casa, no estádio do Dragão, o Porto bateu o Shakhtar Donetsk de virada, por 2 a 1, e garantiu a vitória pelo Grupo G. Todos os gols da partida foram marcados por jogadores brasileiros.

Com o triunfo, os portugueses pularam para a liderança da chave, ao lado do APOEL, do Chipre, que também venceu por 2 a 1 – bateu o Zenit. Na próxima rodada o Porto viaja à Rússia, enquanto o Shakhtar recebe os cipriotas.

Nesta terça-feira, os donos da casa começaram com tudo e conseguiram um pênalti logo aos dez minutos, cometido por Yaroslva Rakitskiy. Só que na cobrança, Hulk mandou na trave. E dois minutos depois, Luiz Adriano contou com a colaboração de Hélton para fazer 1 a 0 para o Shakhtar.

O empate dos portugueses saiu aos 28 minutos, e com Hulk. O brasileiro acertou uma forte cobrança de falta de longe e deixou tudo igual. Para deixar a situação mais confortável para os mandantes, Yaroslav Rakitskiy fez uma falta dura em João Moutinho no meio-campo e foi expulso aos 40.

Pressionando bastante, o Porto só conquistou a virada na segunda etapa. James Rodríguez fez linda jogada pela esquerda e cruzou na pequena área, onde Kléber apareceu completamente livre e tocou a bola para o fundo das redes aos seis minutos.

O Shakhtar desistiu do empate aos 35 minutos, quando Dmytro Chygrynskiy fez falta em Djalma, que entrara no lugar de Kléber, recebeu o segundo cartão amarelo e deixou os visitantes com dois jogadores a menos em campo.

Ficha técnica

Porto 2×1 Shakhtar Donetsk

Local: Estádio do Dragão, em Porto (POR)
Data: 13/09, terça-feira
Árbitro: Felix Brichy (ALE)
Gols: Hulk aos 28'/1T e Kléber aos 6'/2T (Porto); Luiz Adriano aos 12'/1T (Shakhtar)
Cartões amarelos: Álvaro Pereira (Porto); Darijo Srna, Luiz Adriano e Dmytro Chygrynskiy (Shakhtar)
Cartões vermelhos: Yaroslav Rakitskiy e Dmytro Chygrynskiy (Shakhtar)

Porto
Hélton, Jorge Fucile, Maicon, Nicolás Otamendi e Álvaro Pereira; Fernando (Fernando Belluschi aos 16'/2T), João Moutinho e Steven Defour; James Rodríguez, Hulk (Silvestre Varela aos 33'/2T) e Kléber (Djalma aos 24'/2T). Técnico: Vítor Pereira.

Shakhtar Donetsk
Olexander Rybka, Darijo Srna, Dmytro Chygrynskiy, Yaroslav Rakitskiy e Razvan Rat; Henrikh Mkhitaryan, Fernandinho, Jadson (Alex Teixeira aos 19'/2T), Willian (Tomás Hübschmann aos 36'/2T) e Eduardo da Silva (Oleksandr Kucher aos 42'/1T); Luiz Adriano. Técnico: Mircea Lucescu.