O torcedor do Porto mal acreditou quando viu o seu time acertar o travessão do Sporting três vezes seguidas, nesta quarta-feira, na semifinal da Copa de Portugal. A terceira bola entrou, por pouco, mas o lance já havia sido anulado pela arbitragem. Os Leões, no fim, venceram por 1 a 0 e levaram a decisão para a disputa de pênaltis, nas quais conseguiram avançar à final.

O Porto, que havia vencido o jogo de ida também pelo placar mínimo, segurou o 0 a 0 até os 39 minutos do segundo tempo, quando Coates fez 1 a 0 para o Sporting.

 

Logo na sequência, em outro escanteio, veio o incrível lance com três bolas na trave seguidas. Aboubakar deu a primeira cabeçada no travessão. Felipe pegou o rebote e também acertou o poste de cima. No segundo rebote, Diego Reyes mandou no mesmo lugar. Desta vez, a bola bateu dentro do gol antes de ser afastada por Rui Patrício, mas a jogada já estava parada por impedimento de Felipe.

 

A partida foi para os pênaltis. Ivan Marcano errou a primeira batida, todo mundo a seguir acertou, e o Sporting eliminou o Porto pela segunda vez nesta temporada. A outra havia sido nas semifinais da Taça da Liga de Portugal. O adversário do Sporting na decisão será o Aves.

Faixa bônus

Outra jogada insólita aconteceu no começo do segundo tempo. O zagueiro brasileiro Felipe levou cartão amarelo porque estava usando a camiseta errada. Portava o número 29, de Soares. Precisou ir à linha lateral trocar pela sua farda com o número 28. Estava aparentemente irritado com o ocorrido.


Os comentários estão desativados.