O Manchester United conseguiu uma ótima vitória nesta segunda-feira contra o Chelsea, pela Copa da Inglaterra, o que mantém o time vivo na disputa de um título possível. O meia Paul Pogba foi mais uma vez destaque do time, participando de forma decisiva do resultado por 2 a 0. E o foco do francês é que o Manchester United levante uma taça, algo que não conseguiu acontecer na temporada passada.

LEIA TAMBÉM: Pogba decidiu de novo, e o United passou pelo Chelsea rumo às quartas da FA Cup

“Perder um jogo depois de 11 sem perder dói e é uma sensação realmente ruim, então você não quer que isso aconteça novamente”, afirmou Pogba depois da vitória à MUTV. “Todas as competições são importantes. Nós queremos ganhar algo. No ano passado não ganhamos nenhum troféu. Eu ainda lembro disso. Este ano nós temos que ganhar algo”.

Um dos melhores em campo, Pogba acabou sendo decisivo com o passe para o gol de Ander Herrera e o gol de cabeça no segundo. “Nós sabemos que podíamos causar problemas ao correr atrás dos meio-campistas deles”, disse o jogador. “Duas corridas na área, dois gols. Meu trabalho como meio-campista não é marcar gols, é fazer mais assistências, mas quando eu tenho a chance de fazer gols é uma ótima sensação”, afirmou o jogador francês, que chegou a 14 gols nesta temporada.

Apesar do ótimo resultado e a vitória sobre o Chelsea fora de casa, Pogba acredita que o time poderia ter jogado melhor. “O resultado foi ótimo, mas nós deveríamos ter feito melhor. Nós precisávamos reagir ainda melhor”, disse o jogador. “Nós tornarmos mais difíceis para nós mesmos. Nós podemos controlar mais, jogar mais e causar mais problemas a eles com a bola”.

Uma das chaves para a vitória foi sufocar a saída de bola do Chelsea, um dos pontos bastante característicos do jogo de Maurizio Sarri, técnico dos Blues. Por isso, o papel de Ander Herrera foi mais avançado, para atrapalhar Jorginho. “Eu joguei em um papel mais ofensivo porque o treinador me pediu. Ele [Solskjaer] me disse que eles sofriam em algumas áreas em volta de Jorginho e fiz isso”.

Scholes destaque rivalidade com o Liverpool, maior que contra o City

“Eu alguns anos, se o Manchester City continuar da maneira como estão, talvez ultrapasse um por pouco”, afirmou Scholes. “Você esperaria que os dois times de Manchester tivessem a maior rivalidade, mas eu não acho que é, eu acho que é entre Liverpool e Manchester United, especialmente com o Liverpool tentando alcançar o recorde de títulos da Liga do United. Nós não queremos que eles façam isso”.

“United contra Liverpool é um grande jogo e o Liverpool está indo muito bem, assim como o United. Eles tiveram um pouco de decepção contra o PSG, mas esperamos que eles possam se redimir. E espero que eles vençam o Liverpool no domingo”, disse.

O Manchester United recebe o Liverpool pela Premier League no próximo domingo, dia 24, às 11h (horário de Brasília). O Liverpool está empatado com o Manchester City com 65 pontos na primeira posição, atrás apenas pelo primeiro critério de desempate, saldo de gols. O Manchester United tem 51 pontos e é atualmente o quarto colocado da Premier League.