O Tottenham não teve dificuldades para avançar aos 16-avos de final da Copa da Inglaterra. Nesta sexta-feira, os Spurs visitaram o Tranmere Rovers e golearam o nono colocado da League Two, a quarta divisão do Campeonato Inglês. Comandados por Fernando Llorente, os londrinos anotaram 7 a 0 em Prenton Park. Ainda assim, uma decisão do técnico Mauricio Pochettino chamou atenção. O comandante colocou Harry Kane em campo aos 30 do segundo tempo, quando seu time já havia anotado seis gols. Coube ao artilheiro, então, fechar o placar. Segundo o argentino, ele quis dar aos torcedores locais a chance de assistirem ao ídolo da seleção inglesa em seu próprio estádio.

“Usei Kane por respeito. Respeito às pessoas, respeito ao oponente. Eles não terão muitas chances de ver Harry Kane jogando aqui, em uma competição como a Copa da Inglaterra. A atmosfera no estádio era ótima. Por diferentes razões, eu decidi fazer a substituição e colocá-lo em campo, mas uma das principais é essa. É importante mostrar respeito às pessoas daqui, para que pudessem assistir a Kane, um ícone do futebol inglês. Foi importante vê-lo em ação”, declarou Pochettino.

O comandante também ressaltou o profissionalismo com o qual seu time tratou o torneio, mesmo visando voos mais altos na Premier League: “Como em todas as competições, levamos a Copa da Inglaterra muito a sério. É claro que às vezes você pode vencer e em outras perder, mas sempre tratamos com seriedade e respeitamos a competição. Foi importante para Kane marcar e jogar futebol por 20 minutos, ajudando o time a passar de fase. O clube está em quatro competições e queremos nos sair bem em todas elas”.

O Tottenham volta a campo na próxima terça-feira, quando recebe o Chelsea no jogo de ida das semifinais da Copa da Liga Inglesa. Já na Premier League, o próximo compromisso dos Spurs acontece no domingo. Em Wembley, os londrinos se reencontrarão com o Manchester United, tentando ir além da terceira colocação.