A técnica Pia Sundhage anunciou a sua primeira lista de convocadas da seleção brasileira em 2020, um ano olímpico. A técnica sueca chamou 23 jogadoras para o Torneio Internacional da França, entre os dias 2 e 12 de março. Há duas novidades, com as estreantes Jucinara e Natascha, além do retorno das veteranas e consagradas Marta e Formiga. Apesar de duas estreantes, a lista não traz grandes novidades.

O torneio terá a participação de times fortes. Além da dona da casa, França, o Brasil terá como adversárias também a Holanda e o Canadá. Os jogos serão nas cidades de Calais, no Stade de l’Epopée, e Valenciennes, no Stade du Hanaiaut. O Brasil não é estranho a este último estádio: foi onde a seleção enfrentou a Itália na fase de grupos da Copa do Mundo de 2019.

Sobre Jucinara, jogadora do Levante, convocada pela primeira vez, a técnica fez elogios. “Uma jogadora sozinha não faz a defesa. Pelos números que vimos aqui, é preciso um trabalho coletivo. A Jucinara é canhota e já teve experiência na seleção. Eu estou muito feliz com a convocação dela”, disse a treinadora.

Pia também elogiou o fato da liga brasileira passar a ter transmissão em todos os jogos, ainda que pela internet. “O fato da CBF ter uma liga competitiva é excelente. Eu fico sonhando com jogadoras lá de fora virem jogar aqui. Isso não é impossível, mas podemos chegar nesse nível com bons técnicos, boas jogadoras e transmissão dos jogos”, comentou a treinadora.

A liga brasileira ganha destaque, já que são 10 jogadoras convocadas atuando por aqui. Na última convocação, eram cinco. Ajuda o fato de algumas das jogadoras que já estavam na Seleção terem retornado ao país, como Andressinha, que veio para o Corinthians, e Boa Zaneratto, que veio para o Palmeiras.

A lista traz poucas novidades, mas Pia deixou as portas abertas para mais mudanças, se pintarem jogadoras que chamem a atenção. “Nós estamos sempre buscando uma nova jogadora. Eu estou satisfeita em todas as posições, mas quero ser surpreendida. No meio-campo, nós testamos algumas jogadoras, mas não encontramos a dupla ideal para os Jogos Olímpicos, por exemplo”, disse.

Em ano de Olimpíada, é impossível não pensar no que o time poderá fazer em Tóquio. E a técnica não fugiu da responsabilidade. “Acho que todo time que vai para os Jogos Olímpicos vão para conquistar a medalha de ouro. Pelas jogadoras que nós temos, temos chance de ganhar. Mas está tudo muito nivelado”, afirmou.

Confira a lista das convocadas:

Goleiras: Aline (UD Granadilla Tenerife-ESP), Bárbara (Avaí/Kindermann), Natascha (Paris FC-FRA);

Defensoras: Bruna Benites (Internacional), Daiane (Tacón-ESP), Erika (Corinthians), Jucinara (Levante UD-ESP), Letícia Santos (FFC Frankfurt-ALE), Rafaelle (Changchun Dazhong-CHN), Tayla (Santos), Tamires (Corinthians);

Meio-campistas: Aline Milene (Ferroviária), Andressa Alves (Rom-ITA), Andressinha (Corinthians), Debinha (North Carolina Courage-EUA), Duda (São Paulo), Formiga (PSG-FRA), Luana (PSG-FRA), Thaisa (Tacón-ESP);

Atacantes: Bia Zaneratto (Palmeiras), Cristiane (Santos), Geyse (Madrid CFF-ESP), Ludmila (Atlético de Madrid-ESP), Marta (Orlando Pride-EUA).