Pia: “É importante ter jogadoras que podem atuar em posições diferentes com versatilidade”

A seleção brasileira feminina foi convocada nesta quinta-feira para um período de testes em Portimão, Portugal. A sueca convocou 24 jogadoras para treinamentos na Data Fifa, de 19 a 27 de outubro. A ideia, segundo a CBF, é preparar o time para a Olimpíada de Tóquio. Diversos nomes estelares voltaram à lista, como Marta, Andressa Alves e Formiga.

[foo_related_posts]

As restrições de viagem impedem que todas as jogadoras possam estar presentes, por isso a opção foi convocar apenas as que atuam no exterior, na Europa, China e Estados Unidos. Algumas jogadoras foram chamadas pela primeira vez: a goleira Daniele Neuhaus, a defensora Rayanne, as meias Giovanna, Laís e Ana Vitória, além das atacantes Mylena, Nycole e Valéria.

Em setembro, a seleção brasileira feminina se reuniu na Granja Comary apenas com jogadoras que atuam no Brasil. Agora, será o inverso. Sem poder fazer amistosos pela pandemia, ao menos a treinadora pode ter as jogadoras à disposição para experimentar e treinar.

“Gostaria de falar um pouco sobre como foi estar na Granja Comary com as jogadoras que atuam no Brasil. Foram dias muito bons e muito produtivos, então a ideia agora é levar as jogadoras da Europa, Estados Unidos e China para comparar os desempenhos. Vivemos dias difíceis, então ter esse período é muito bom. Será interessante para ver como ficará essa comparação, pois teremos os mesmos testes e GPS nas atletas para analisar depois. Vamos ter vídeos também para fazer essa comparação. Será interessante e uma boa oportunidade para ver novas jogadoras”, disse a treinadora do Brasil.

“É fantástico que nessa lista temos Marta e a Giovanna Queiroz. Temos uma jogadora famosa e com experiência, e do outro lado provavelmente o futuro do time. É fantástico que Giovanna seja tão nova e já tenha atuado por três seleções [ela chegou a atuar em seleções de base dos Estados Unidos, Espanha e Brasil sub-17]”.

“Estou animada, pois ela é uma grande jogadora que atua por um time como o Barcelona e pode aprender na Seleção. Será uma ótima chance para ela conviver com alguém como a Marta, por exemplo. Do grupo do Jonas Urias, da Sub-20, também temos três jogadoras. É uma oportunidade de olhar para o futuro. Temos oito jogadoras que não vi ainda no time. Será uma ótima chance de ver esse grupo e a chance delas de representar o Brasil”, explicou Pia.

“Para podermos ganhar algo, precisamos de diversidade. Ter jogadoras que atuam em outros países é uma vantagem. É importante que as jogadoras estejam prontas. Marta e Debinha, por exemplo, chegam fortes pelas competições que disputam. Alguns times da Europa são muito fortes, como PSG de Formiga e Luana, pois elas competem em alto nível até dentro do próprio treinamento. No Brasil isso acontece também. É único que tenhamos tantas jogadoras boas pelo mundo. Agora depende de nós colocarmos elas juntas e formarmos uma ótima equipe. É importante ter jogadoras que podem atuar em posições diferentes com versatilidade, busco isso nas que convoco”, analisou a badalada técnica.

Confira a lista de convocadas:

Goleiras: Aline Reis (UD Granadilla Tenerife-ESP), Daniele Neuhaus (Benfica-POR), Natascha (Paris FC-FRA);

Defensoras: Antonia (Madrid CFF-ESP); Kathellen (Internazionale-ITA), Jucinara (Levante UD-ESP); Rafaelle (Changchun Dazhong-CHN), Rayanne (Braga-POR);

Meio-campistas: Ana Vitória (Benfica-POR), Andressa Alves (Roma-ITA), Debinha (North Carolina Courage-EUA), Formiga (Paris Saint-Germain-FRA), Giovanna (Barcelona-ESP), Laís Araújo (Apollon Limassol-CHP), Luana (Paris Saint-Germain-FRA), Maria (Juventus-ITA), Millene (Wuhan Xinjiyuan-CHN);

Atacantes: Bia Zaneratto (Wuhan Xinjiyuan-CHN); Ludmila (Atlético de Madrid-ESP); Marta (Orlando Pride-EUA); Mylena (Familicão-POR), Nycole Raysla (Benfica-POR), Raquel (Sporting-POR), Valéria (Madrid CFF-ESP).