Quando o garoto Daragh Curley, torcedor do Manchester United de 10 anos que mora em Donegal, no noroeste da Irlanda, decidiu que seu projeto escolar seria uma carta ao treinador do Liverpool, Jürgen Klopp, ele nunca imaginou que receberia uma resposta.

Entre outros motivos, pelo teor da mensagem. Pela sua idade, Curley não pode se lembrar dos momentos áureos dos Red Devils de Alex Ferguson e das dificuldades pelas quais o Liverpool passou nas últimas décadas.

A realidade para ele é um time que não corresponde à tradição do Manchester United, que provavelmente lhe foi relatada pelo pai, Gordon Curley, e um rival que chegou à 26ª rodada da Premier League com 25 vitórias.

Logo, em um ato de desespero, Daragh pediu que Klopp parasse de ganhar jogos de futebol.

“O Liverpool está ganhando jogos demais. Se vocês ganharem mais nove jogos, terão a melhor sequência invicta do futebol inglês. Como torcedor do United, isso é muito triste. Então, na próxima vez que o Liverpool jogar, por favor, faça com que ele perca. Você deveria simplesmente deixar o outro time marcar. Espero que eu o tenha convencido a não vencer a liga ou qualquer outra partida novamente”, escreveu o garotinho.

No começo da semana, a mãe de Daragh, Tricia, passou pela agência de correio local e ficou sabendo que havia uma carta para o seu filho, e qual não foi a surpresa ao descobrir que era uma mensagem pessoalmente assinada por Jürgen Klopp?

“Sou obviamente um torcedor do Manchester United, mas tenho que dizer que realmente admiro Klopp”, disse o pai Gordon, ao The Irish Times. “O que eu gostei da carta para Daragh é que foi pessoal. Você pode notar pela linguagem que ele estava usando frases alemãs e que foi uma resposta pessoal. Daragh não conseguia acreditar e foi ótimo ele poder levar a carta para a escola e mostrar aos professores e seus amigos”.

Infelizmente para os Curleys, Klopp não se convenceu tão facilmente.

“Querido Daragh,

Primeiro, gostaria de agradecê-lo por escrever para mim. Eu sei que você não me enviou boa sorte ou algo assim, mas é sempre bom ouvir de um jovem torcedor de futebol, não importa o que seja, então eu agradeço que você tenha entrado em contato.

Infelizmente, nesta ocasião, não posso consentir o seu pedido, não de propósito, pelo menos. Por mais que você queira que o Liverpool perca, é meu trabalho fazer tudo que for possível para ajudar o Liverpool a vencer porque há milhões de pessoas ao redor do mundo que querem que isso aconteça, então eu realmente não quero decepcioná-las.

Felizmente para você, perdemos jogos no passado e perderemos jogos no futuro porque assim é o futebol. O problema é que, quando você tem dez anos, você pensa que as coisas sempre serão como elas são agora, mas se tem algo que posso lhe dizer, aos 52 anos, é que isso definitivamente não é verdade.

Lendo sua carta, no entanto, posso dizer com segurança que uma coisa que não mudará é sua paixão por futebol e pelo seu clube. O Manchester United tem sorte de tê-lo.

Eu espero que, se tivermos sorte suficiente para ganhar mais alguns jogos e talvez ganhar mais alguns troféus, você não fique muito decepcionado porque, embora nossos clubes sejam grandes rivais, também compartilhamos muito respeito mútuo. Isso, para mim, é o que o futebol significa.

Cuide-se e boa sorte,

Jürgen Klopp”.