Os dois maiores times do Uruguai foram derrotados nesta quinta-feira pela Libertadores. O Peñarol perdeu para o Godoy Cruz na Argentina por 1 a 0, mesmo tendo boa atuação. Já o Nacional foi surpreendido e perdeu em casa para o Libertad por 2 a 1.

No jogo da Argentina, os dois times pareceram dispostos a se arriscar no primeiro tempo.  O meio-campista Luis Aguiar, por exemplo, chegou duas vezes com perigo na cara do gol do Godoy Cruz. Primeiro, a cinco minutos, ficou frente a frente com o goleiro, mas perdeu a chance. Depois, aos 15, chutou forte de fora da área e acertou a trave.

O time uruguaio ainda criou algumas chances, mas acabou não conseguindo concretizar. E ainda acabou tomando o gol, aos eis minutos da segunda etapa, quando em chute de Diego Villar no alto, o Godoy Cruz abriu o placa

Pior ainda, teve um jogador expulso quando Alejandro González recebeu o cartão vermelho aos 19 minutos da segunda etapa. Com um a menos, os carboneros sofreram com o espaço deixado e acabou não conseguindo empatar o jogo.

Em casa, Nacional cai diante do Libertad

 

Em casa, o Nacional acabou surpreendido pelo Libertad por 2 a 1. Jogando no estádio Parque Central, em Montevidéu, o time até saiu na frente do time paraguaio, mas acabou tomando a virada no segundo tempo.

Aos 23 minutos do primeiro tempo, Marcos Aguirre marcou 1 a 0 para o Nacional, depois de jogada trabalhada por Tabaré Viudez e Vicente Sánchez, os dois atacantes do time. Só que depois de marcar o gol, o Nacional viu o Libertad crescer na partida e tomar as rédeas do jogo.

No segundo tempo, Miguel Samudio, aos 13 minutos, marcou o gol de empate em um contra-ataque dos paraguaios.  E não demorar para o Libertad virar o jogo com Mauro Caballero, aos 18, fazendo 2 a 1.

Com isso, o Libertad vira líder isolado do Grupo 5, o mesmo do Vasco, com seis pontos. Alianza Lima e Vasco completa ma segunda rodada do grupo no dia 6 de março, no Rio de Janeiro.