O Rangers empatou com o Kilmarnock, por 1 a 1, na última quarta-feira, e caiu para o quarto lugar do Campeonato Escocês, terceiro jogo sem vitória nas últimas cinco rodadas. Desta vez, os três pontos estavam nas mãos do time do técnico português Pedro Caixinha, que, por suspensão, assistiu das arquibancadas aos minutos finais insanos da partida.

LEIA MAIS: Hampden in the Sun: há 60 anos, Celtic aplicou a maior goleada oficial do clássico com o Rangers

Os donos da casa abriram o placar no final do primeiro tempo, com Holt, e tiveram a oportunidade de assegurar a vitória nos minutos finais, quando Kirk Bradfoot cometeu pênalti. No entanto, houve um entrevero entre o jogador do Kilmarnock e Ryan Jack, do Rangers. O árbitro deu cartão amarelo para os dois. Na sequência, Jack recebeu o segundo amarelo por discutir com o quarto árbitro e foi expulso.

A partida estava prestes a terminar, o relógio já marcava 49 minutos do segundo tempo, e o Rangers tinha um pênalti a seu favor. Tudo sob controle, certo? Mas a batida de Candeias foi defendida pelo goleiro MacDonald. Um minuto depois, Chris Burke completou cruzamento de O’Donnell e empatou para o Kilmarnock.