Felipe Anderson se tornou mais um brasileiro na Premier League nesta temporada indo defender o West Ham. O clube de Londres contratou o meia da Lazio por € 38 milhões, algo alto para o padrão dos Hammers. Formado no Santos, o jogador atuava desde 2013 na Lazio, onde brilhou pelo time da capital italiana. Mudou de capital para jogar na capital inglesa e se tornou parte importante do clube. São 39 jogos, 10 gols e cinco assistências. Não por acaso, foi elogiado pelo treinador do time, o experiente Manuel Pellegrini.

O jogador se tornou imediatamente titular na Inglaterra. Felipe Anderson esteve no time que começou o jogo em 97% dos jogos da Premier League e esteve em campo 91% dos minutos do time. Ele jogou 35 jogos na temporada só na Premier League. Apenas em três deles Felipe Anderson veio do banco de reservas. “Ele foi uma contratação muito boa para o clube. Foi uma boa temporada para ele, mas eu acho que ele irá melhorar muito depois de ter jogado uma temporada aqui”, analisou o treinador.

Aos 65 anos, Manuel Pellegrini tem muita experiência no futebol, inclusive na Inglaterra. Depois de bons trabalhos na América do Sul, passando por clubes como LDU, San Lorenzo e River Plate, foi para o Villarreal em 2004. De lá, passou a um clube muito maior, o Real Madrid, que dirigiu de 2009 a 2010. Em seguida, foi para o Málaga, onde levou o clube até as quartas de final e ficou até 2013.

Foi em 2013 que o chileno teve a sua primeira experiência na Premier League, comandando o Manchester City. A sua passagem pelo clube foi vitoriosa, conquistando a Premier League de 2013/14 – sim, aquela que o Liverpool escorregou – e a Copa da Liga duas vezes, em 2013/14, 2015/16. Foi também semifinalista da Champions League na temporada 2015/16. É, até hoje, o melhor resultado da história do clube na Champions League.

O West Ham volta a campo no sábado, dia 4, contra o Southampton, no seu último jogo em casa. Fecha a temporada contra o Watford fora de casa, no domingo, dia 12 de maio. “É importante que nós terminemos o mais alto possível. Para os torcedores, para o clube, para os funcionários, para os jogadores, é bom finalizar vencendo o nosso último jogo contra o Southampton em casa. Será uma boa forma de terminar”, declarou o treinador.

O West Ham venceu na última rodada o Tottenham, impondo o primeiro gol sofrido pelos Spurs no seu novo estádio, além da primeira derrota. “Nós estávamos absolutamente confiantes que nós poderíamos fazer isso. Seria difícil para mim dizer que nós jogamos bem e não conseguimos o resultado pelo terceiro jogo seguido. Isso dá ao nosso time a confiança no que estamos fazendo”, declarou o jogador.

Um dos líderes do time, Pablo Zabaleta, é visto como um futuro técnico. Para Pellegrini, o jogador tem as características para isso. “Provavelmente [ele pode se tornar técnico]. Ele demanda o máximo e têm as características de um líder. Ele se gerencia bem como profissional. Os jogadores jovens o seguem como um exemplo”, avaliou o chileno.

O treinador também falou sobre a sua volta à Premier League e as perspectivas para a próxima temporada. “Sim, eu gostei [de voltar à Premier League]. Eu vim para um grande clube, a Premier League é a melhor liga do mundo, então é claro que eu estou feliz”, afirmou o treinador. “Eu quero fazer melhor, este é a primeira vez que eu não me classifiquei para a Europa, então eu espero que na próxima temporada nós iremos fazer isso”.

Perguntado sobre o técnico do Southampton, Ralph Hasenhuttl. “Ele estava em uma situação muito difícil, ele salvou [o Southampton] agora, então eu tenho certeza que ele fez um trabalho muito bom”.