Pegando embalo na temporada, o Manchester City amassou o Shakhtar Donetsk

Foi 3 a 0 para o City, sem nenhuma dificuldade, e poderia ter sido um placar até mais amplo

O Manchester City começa a pegar embalo na temporada. Não por resultados, porque perdeu apenas uma vez, mas em desempenho. Depois de uma goleada por 5 a 0 sobre o Burnley, no fim de semana, os homens de Pep Guardiola fizeram uma grande partida, nesta terça-feira, para derrotar o Shakhtar Donetsk, fora de casa, por 3 a 0.

E o placar poderia ter sido maior. O Manchester City tirou o pé do acelerador no segundo tempo e acertou três vezes a trave, sem falar nas inúmeras vezes em que a defesa do Shakhtar Donetsk, liderada por Yaroslav Rakitskiy, precisou cortar cruzamentos perigosos dentro da pequena área. Rakitiskiy, inclusive, limpou uma bola que já havia passado pelo goleiro Pyatov, minutos antes de David Silva fazer 1 a 0, com um chute cruzado.

Logo na sequência, Aymeric Laporte ampliou de cabeça, em escanteio cobrado por Kevin de Bruyne. Desta vez, a defesa ucraniana vacilou feio: o zagueiro francês não precisou se mexer e nem pular para marcar o segundo gol. No segundo tempo, Bernardo Silva saiu da direita, costurou até a entrada da área e soltou a canhota no canto de Pyatov.

São 14 jogos do Manchester City, com 11 vitórias, dois empates e uma derrota, para o Lyon, na estreia da Champions League. Mas os Citizens já se redimiram do revés ganhando do Hoffenheim e agora do Shakhtar Donetsk, ambos fora de casa. E, além disso, estão mostrando um futebol cada vez mais semelhante ao da temporada passada.

.

.