Dimitri Payet possui um talento acima da média, ainda que sua personalidade intempestiva por vezes o atrapalhe. Mas, focado no futebol, o camisa 10 atravessa um dos melhores momentos de sua carreira nos últimos meses. Desde novembro, Payet soma oito gols e três assistências em 13 partidas pelo Olympique de Marseille. Já arrebentou adversários como o Lyon e o Bordeaux na Ligue 1. E, nesta quarta, o Saint-Étienne se tornou a vítima da magia do armador. Payet destruiu, com um golaço e um passe incrível no triunfo por 2 a 0 sobre os Verts.

Payet começou a chamar os holofotes para si logo aos sete minutos no Estádio Geoffroy Guichard. Depois de uma cobrança de escanteio, a sobra voltou com o camisa 10 na ponta esquerda. Então, ele entortou a coluna de Yann M’Vila e chutou quase da linha de fundo, para anotar o gol espírita. Pintura. E teria mais no segundo tempo. O Olympique fechou a contagem aos 40, depois que Payet vislumbrou um passe de mágica a Morgan Sanson, mesmo cercado por três adversários. O meia pegou a defesa dos verdes aberta e rolou para Nemanja Radonjic definir com um chute cruzado.

Payet soma sete gols e três assistências em 18 aparições pela Ligue 1. O camisa 10 tem totais condições de superar a temporada mais efetiva de sua carreira, quando produziu 25 tentos pelo Lille em 2012/13. A habilidade do craque prevalece e quem agradece é o Olympique, em boa campanha para retornar à Champions League. Os marselheses fecham a rodada na segunda colocação, com 12 pontos a menos que o Paris Saint-Germain, mas também seis pontos de vantagem sobre o Rennes. O Saint-Étienne, em 15°, aparece a sete pontos do Z-3.

Classificações Sofascore Resultados