A primeira rodada dos mata-matas da Champions League Feminina teve continuidade nesta quinta-feira, com mais cinco partidas. E o que se viu, outra vez, foi a imposição das principais favoritas que entraram em campo. A competição atravessa os jogos de ida dos 16-avos de final e, apesar da importância dos confrontos, vive um festival de goleadas. Entre as principais candidatos à taça, Paris Saint-Germain e Manchester City guardaram sete gols cada.

O Manchester City viajou à Suíça e bateu o Lugano por 7 a 1. Goleada impecável que contou com grande atuação da meia-atacante Pauline Bremer. A alemã anotou dois gols na noite, incluindo uma verdadeira pintura. Após o lançamento espetacular de Steph Houghton, a jogadora do City venceu a marcadora na corrida e deu um belíssimo toque para encobrir a goleira. Além dela, Caroline Weir também merece os elogios por ter balançado as redes duas vezes.

O Paris Saint-Germain, por sua vez, anotou 7 a 0 em cima do Braga, em Portugal. A brasileira Formiga não só esteve em campo, como também anotou um dos gols de sua equipe. Marie-Antoinette Katoto foi a estrela da noite, com três gols, enquanto a canadense Jordyn Huitema anotou outros dois. A talentosa Kadidiatou Diani fechou a contagem.

O Arsenal foi mais “econômico” e mesmo assim anotou 4 a 0 sobre a Fiorentina na Itália. Entre as melhores do mundo na atualidade, a holandesa Vivianne Miedema fez dois tentos. O Atlético de Madrid passou mais aperto na visita ao Spartak Subotica, na Sérvia, mas venceu por 3 a 2. A atacante Ludmila teve papel fundamental às colchoneras, com dois gols. Já o único empate aconteceu entre Anderlecht e Shymkent, do Cazaquistão. O placar na Bélgica ficou em 1 a 1.

As partidas de volta dos 16-avos de final da Champions League Feminina acontecem entre 25 e 26 de setembro. De todos os encontros, apenas dois foram vencidos pelos times que jogaram em casa. As expectativas, assim, são de placares ainda mais elásticos.