O Huddersfield Town fez barulho na imprensa esportiva inglesa nesta quarta-feira (17) ao anunciar sua nova camisa para a temporada 2019/20. Isso porque o uniforme veio com um escandaloso patrocínio da Paddy Power, que corta a camisa na transversal. Evidentemente, a peça gerou revolta entre os torcedores, mas, considerando as regras da FA, não deve passar de uma pegadinha bem pensada pela empresa de apostas esportivas.

Se desconsiderarmos o patrocínio horrendo que toma toda a atenção, a camisa até que é bonita, com um design limpo e clássico muito bem trabalhado pela Umbro. O problema mesmo é o enorme logotipo da nova patrocinadora Paddy Power cortando toda a roupa.

As regras da FA, no entanto, deixam claro que só pode haver uma área na frente da camisa usada para a estampa de patrocínios, com, no máximo, 250 cm². A imagem abaixo deixa claros os limites estipulados.

Especificações da FA para os limites dos patrocínios nas camisas (Reprodução)

De um jeito ou de outro, a Paddy Power conseguiu o que queria: atenção e muita tração a seu acordo com o Huddersfield. O patrocínio da empresa irlandesa é, segundo o clube, o maior já fechado pela equipe em temporadas fora da Premier League, da qual foi rebaixada em 2018/19 após duas temporadas disputando a elite.

A camisa foi a campo no amistoso disputado contra o Rochdale nesta quarta e talvez fique presente até o fim dos jogos de pré-temporada – por ora, não há informação sobre isso. Já em competições oficiais, esquece.

Muito torcedor logo sacou que era pegadinha, mas teve gente realmente com raiva (Divulgação)

A Paddy Power tem uma tradição de jogadas de marketing muito bem-sucedidas na Inglaterra, incluindo, por exemplo, as pegadinhas com um Alex Ferguson de cera do lado de fora de Old Trafford para salvar o clube e a estátua de David Moyes em frente ao Anfield por seus “serviços prestados” aos Reds enquanto esteve no comando do rival Manchester United.

Ainda bem que existem limitações para como os patrocinadores podem garantir exposição nas camisas. Imaginem o precedente perigoso que uma camisa como essa do Huddersfield abriria.