A notícia mais temida e, ao mesmo tempo, esperada chegou à família de Emiliano Sala, na última quinta-feira. O corpo recuperado dos destroços do avião encontrado no Canal da Mancha foi identificado como o do jogador. O fim de uma angústia, a certeza da tristeza. Mas a memória de Sala ficará para sempre no Nantes, que nunca mais usará o número 9 em sua camisa. 

Leia a nota oficial emitida pelo Nantes:

“A notícia coloca um fim em uma espera infinita e insustentável. Emiliano será para sempre parte das lendas que escreveram a grande história do Nantes. Há manhãs difíceis, despertares de pesadelos, quando a realidade realmente nos atinge. Emi foi embora.

Emiliano Sala chegou às margens do rio Erdre, em julho de 2015, e conquistou o coração dos torcedores do Nantes. Com seu trabalho, sua raiva e sua gentileza sem limites, terminou como artilheiro da equipe nas últimas três temporadas. 

Os tributos nacionais e internacionais realizados por ele estão de acordo com a pessoa e o jogador que ele era. Perdemos um amigo, um jogador talentoso e um companheiro de time exemplar. 

Não esquecemos o drama do piloto e da sua família e confiamos que as autoridades continuarão as buscas. 

‘Não tenho palavras. É uma tragédia. Estou devastado. Emiliano deixou sua marca e, portanto, como muitos torcedores, quero honrá-lo novamente aposentando o número 9’, disse o presidente do Nantes, Waldemar Kita. 

O Nantes, seus líderes, funcionários e jogadores apresentam às famílias de Emiliano Sala e David Ibbotson as mais profundas condolências. 

Nunca o esqueceremos, Emi.”