Apresentado durante a semana como reforço do Milan, Lucas Paquetá realizou, neste sábado, a sua estreia com a camisa rossonera. E logo como titular, pelas oitavas de final da Copa Itália, contra a Sampdoria. No entanto, não estava mais no gramado quando a classificação do time de Gattuso para a próxima fase foi decidida por Patrick Cutrone, autor de dois gols na prorrogação para construir a vitória por 2 a 0.

LEIA MAIS: Lucas Paquetá: “Quero ter um papel decisivo e ajudar o Milan a vencer”

 

Paquetá começou jogando no meio-campo ao lado de Kessié e Bakayoko, com Castillejo e Çalhanoglu pelos lados e Gonzalo Higuaín no comando de ataque. O argentino quase abriu o placar, no final do primeiro tempo, com um chute rasteiro que tirou tinta da trave. Logo em seguida, Castielljo teve boa oportunidade de cabeça, mas, livre, mandou para fora.

Çalhanoglu perdeu chance clara no segundo tempo, e Paquetá tentou de longe, com perigo. Higuaín chegou a marcar, aos 30 minutos, mas o gol foi anulado por impedimento. Riccardo Saponara quase decidiu a parada, também com um chute rasteiro cruzado que passou perto. O meia brasileiro foi substituído por Borini, a cinco minutos da prorrogação.

Gattuso, aliás, brilhou nas alterações. Colocou Cutrone no lugar de Castillejo e, aos 9 minutos do primeiro tempo da etapa extra, trocou Abate por Andrea Conti. Foi de Conti o passe para Cutrone pegar de primeira e abrir o placar. Com outro toque de qualidade antes de deixar a bola cair no chão, Cutrone anotou o segundo, completando o passe de Çalhanoglu, e decidiu a partida a favor do Milan.


Os comentários estão desativados.