PAOK e Rapid Viena foram punidos pela Uefa após incidentes ocorridos durante a partida entre os dois clubes, pelos playoffs da Liga Europa. Torcedores gregos e austríacos entraram em conflito na última quinta-feira e, além de arremessarem objetos e sinalizadores, chegaram a invadir o gramado do estádio Toumbas, em jogo que terminou com a vitória do PAOK por 2 a 1.

Por conta da confusão, o PAOK terá que disputar seus próximos três jogos em casa por competições europeias com portões fechados, além de ter recebido multa de € 150 mil. Já o Rapid disputará uma partida sem torcida, com multa de € 75 mil.

Ambos os clubes ainda correm os riscos de serem suspensos pela Uefa, caso sejam reincidentes em brigas entre torcidas. Se um novo episódio do tipo envolver gregos ou austríacos nas próximas três temporadas, a equipe ficará ausente do próximo torneio continental que se classificar.

O jogo de volta entre PAOK e Rapid acontece na próxima quinta-feira, em Viena.  Um empate classifica a equipe de Salônica para a fase de grupos da Liga Europa. A punição, porém, não se aplica ainda a esta partida.