Ricky van Wolfswinkel, atacante de 30 anos do Basel, levou uma pancada na cabeça, nos minutos finais da derrota por 2 a 1 para o LASK Linz, pela terceira fase preliminar da Champions League. Nos vestiários, foi diagnosticado com uma concussão e levado ao hospital para exames. Essa foi sua sorte. No processo, os médicos descobriram que havia um aneurisma em seu cérebro. O holandês agora passará por tratamento e deve ficar entre seis meses e um ano sem jogar.

Em um vídeo publicado pelo Basel, Van Wolfswinkel explicou que o aneurisma é um “pequeno balão” em veias do cérebro, que pode vazar ou romper a qualquer momento, causando severos danos cerebrais ou mesmo morte. Como não possuem sintomas, os aneurismas geralmente passam anos escondidos, até que seja tarde demais. “Estou muito grato por ter descoberto o aneurisma porque, normalmente, ele não é descoberto a tempo, sempre tarde demais”, afirmou.

O Basel, em seu site oficial, estipulou o período de recuperação entre seis meses e um ano e afirmou que a cirurgia será realizada nos próximos dias. “Apenas para esclarecer: a pancada que eu levei não teve nada a ver com o aneurisma. Ele estava lá há um longo período. Não havia nenhum sintoma, por isso não poderíamos tê-lo encontrado. Não sabíamos que estava lá. Precisarei de tratamento e, por isso, não poderei jogar futebol por um longo tempo. Não podemos definir uma data e retorno, mas não será menos de seis meses. O retorno dependerá do tratamento, depois da cirurgia. Se houver alguma atualização sobre a data de retorno, nós a passaremos”, acrescentou.

Van Wolfswinkel apareceu bem pelo Utrecht, em 2010/11, e foi contratado pelo Sporting. Após outras duas boas temporadas, foi contratado pelo Norwich, pelo qual anotou apenas um gol em 25 partidas pela Premier League. Saiu em empréstimos para Saint-Étienne e Betis, antes de retornar ao Vitesse, pelo qual começou a carreira. Está desde 2017 no Basel e marcou um dos gols que ajudou a eliminar o PSV, na rodada anterior da fase preliminar da Champions.

Este foi o comunicado de Van Wolfswinkel:

Durante o jogo da Champions League, contra o LASK, eu levei uma pancada na cabeça, nos últimos minutos. Nos vestiários, os médicos reconheceram a seriedade da lesão e decidiram me enviar ao hospital. Inicialmente, fui diagnosticado com uma concussão. Os médicos fizeram exames e eventualmente descobriram que eu tenho um aneurisma cerebral. É como um pequeno balão na veia cerebral. Um aneurisma cerebral pode vazar ou romper, o que pode causar hemorragia no cérebro. A essa altura, pode colocar sua vida em risco. Apenas para esclarecer: a pancada que eu levei não teve nada a ver com o aneurisma. Ele estava lá por um longo período. Não havia nenhum sintoma por isso não poderíamos tê-lo encontrado. Não sabíamos que estava lá. Precisarei de tratamento e, por isso, não poderei jogar futebol por um longo tempo. Não podemos definir uma data de retorno, mas não será em menos de seis meses. O retorno dependerá dos resultados do tratamento, depois da cirurgia. Se houver alguma atualização sobre a data de retorno, nós a informaremos. Estou muito grato por ter descoberto o aneurisma cerebral porque normalmente um aneurisma cerebral não é descoberto a tempo, sempre tarde demais quando já rompeu ou causou outros danos. Quero agradecer ao departamento médico e ao médico do hospital universitário de Basel.

FIFA 20 - Xbox One
A mais famosa franquia de futebol dos videogames chega à sua versão 20
A Trivela pode ganhar comissão sobre a venda.
FIFA 20 - PS4
A mais famosa franquia de futebol dos videogames chega à sua versão 20
A Trivela pode ganhar comissão sobre a venda.