O último dos times que sobem à primeira divisão do Campeonato Brasileiro Feminino foi definido neste domingo. E mais uma camisa pesada garantiu o acesso. O Palmeiras goleou a Chapecoense por 5 a 1 em Vinhedo, onde manda seus jogos, e assim consolidou a sua subida – já tinha vencido o jogo de ida por 2 a 0.

O jogo no estádio Nelo Bracalente, em Vinhedo, onde o Palmeiras manda os seus jogos do futebol feminino. E o primeiro gol do jogo não demorou a sair. Bianca cobrou falta e marcou 1 a 0, aos 12 minutos. Aos 20, a goleira da Chapecoense, Camila, chutou da própria área e conseguiu um feito inusitado: a bola quicou e encobriu a goleira palmeirense, entrando direto no gol. Só que o empate não durou muito. Aos 26, Carla Nunes marcou mais um para o Verdão. Ainda no primeiro tempo, aos 36, Bianca cobrou outra falta e marcou de novo: 3 a 1.

No segundo tempo, o Palmeiras diminuiu o ritmo, controlou o jogo e passou a tentar não se desgastar. Mesmo assim, conseguiu mais dois gols. Carla Nunes marcou o quarto, ao aproveitar o rebote de pênalti que ela mesma cobrou. O jogo ainda teve que ficar parado por pouco mais de 15 minutos para atendimento de uma jogadora da Chapecoense, que se lesionou. No fim do jogo, Luana ainda marcou o quinto e fechou a conta: 5 a 1.

O Palmeiras assim garante uma vaga nas semifinais, onde enfrentará o São Paulo, que eliminou o Taubaté no sábado. As mulheres do alviverde garantem acesso ao Campeonato Brasileiro Feminino da série A1 em 2020, junto a São Paulo, Grêmio e Cruzeiro. O Brasileirão Feminino ganha quatro camisas de muito peso na sua próxima edição, que já promete.

Camisa Palmeiras - Modelo I Feminina
Camisa do Palmeiras, feita pela Puma, modelo 2019 e feminina
A Trivela pode ganhar comissão sobre a venda.

*****

Estamos também no YouTube! Confira nosso último vídeo e se inscreva no canal para fortalecer o jornalismo esportivo independente em mais um meio: