A busca por um camisa 9 do Borussia Dortmund acabou nesta terça-feira. O clube anunciou a contratação do espanhol Paco Alcácer, do Barcelona, por empréstimo de uma temporada. O jogador, de 24 anos, chega por empréstimo custando € 2 milhões, com uma cláusula de compra estabelecida em €23 milhões até o final do contrato, segundo informa a DW.

LEIA TAMBÉM: Gabriel Pires vai ao Benfica e dá sequência a uma trajetória que merece destaque

O Borussia Dortmund precisava de um centroavante desde que vendeu Pierre-Emerick Aubameyang ao Arsenal, na janela de janeiro. Nos últimos seis meses da temporada passada, levou Michy Batshuayi, do Chelsea, por empréstimo. Só que o jogador retornou a Londres após o fim do contrato de empréstimo e foi novamente cedido, mas para o Valencia. O atacante era uma boa opção para o ataque aurinegro, mas sem ele, o time sofre sem um jogador da posição. A oportunidade de Alcácer acaba sendo barata e uma chance de tentar recuperar o jogador, que precisa jogar.

“Eu estou realmente ansioso para jogar na Bundesliga logo”, afirmou Alcácer. “É uma das melhores ligas do mundo e o Borussia Dortmund, com seus torcedores inacreditáveis e sua famosa arquibancada sul, provavelmente representam algo mágico para qualquer jogador de futebol”, afirmou Alcácer ao site do clube.

“Nós estamos muito felizes que Paco Alcácer tenha decidido em favor do Borussia Dortmund e nós acreditamos firmemente que este tipo de jogador se encaixa bem no nosso estilo de jogo”, afirmou o diretor esportivo Michael Zorc. “Paco tem sua qualidade e mostrou isso cedo no Valencia, ele trabalhou diariamente com alguns dos melhores jogadores do mundo. Foi graças à enorme competitividade do ataque do clube que ele decidiu por um novo começo depois de dois anos”.

A oportunidade é excelente para Alcácer. Um prolífico marcador de gols no Valencia, chegou ao Barcelona em agosto de 2016. Demorou a conseguir marcar o seu primeiro gol pelo clube e nunca conseguiu se firmar como uma opção real no ataque do Barcelona. Na sua primeira temporada pelo clube, 2016/17, fez 28 jogos, oito gols e quatro assistências. Na temporada 2017/18, fez 23 jogos, marcou sete gols e fez quatro assistências.

Mais que o número de jogos, o que deixa clara a sua condição de um reserva pouco usado são os minutos. Em 2016/17, 1.385 minutos. Na temporada passada, 2017/18, apenas 992 minutos. Como comparação, na sua última temporada pelo Valencia, 2015/16, foram 46 jogos, 15 gols e oito assistências em 3.087 minutos. Nesse tempo, perdeu seu lugar na seleção espanhola, algo que parecia natural com as suas boas campanhas pelo Valencia.

O mercado do Dortmund foi interessante, com Axel Witsel como o principal nome, chegando por € 20 milhões vindo do Tianjin Quanjian, da China. Chegaram também Abdou Diallo (€ 28 milhões, do Mainz 05), Thomas Delaney (€ 20 milhões, do Werder Bremen), Marius Wolf (€ 5 milhões, do Eintracht Frankfurt), além de Achraf Hakimi, do Real Madrid, que chega por empréstimo. Com Alcácer, o clube preenche uma posição carente, embora ainda falte mais alguém nessa posição, até para opção ao novo contratado.