As chuteiras se tornaram parte da personalidade de cada um dos grandes jogadores. Desde Ronaldo, com sua linha R9, é comum ter jogadores com chuteiras que trazem traços pessoais, seja da sua personalidade, seja o nome dos pais, dos filhos, ou mesmo uma sigla, como o fenômeno ou mesmo CR7. Neymar é mais um a ganhar chuteiras totalmente personalizadas. Não só por ter seu nome, mas por ter um design totalmente pensado para o melhor jogador brasileiro atualmente. É a coleção “Ousadia e Alegria”, lançada pela Nike nesta segunda-feira.

LEIA TAMBÉM: Conheça a chuteira que ajudou a transformar a Nike em uma gigante do futebol

Em dezembro, nós mostramos aqui como seria a nova chuteira de Neymar. O design foi mesmo confirmado. O design é de Bruno Carneiro Mosciaro, conhecido como Bruno Big. O artista foi quem desenvolveu o grafismo da chuteira, que tem uma imagem diferente para cada pé. O da Ousadia é um coração na mão, enquanto o da Alegria é um punho, um cumprimento usado pelo jogador com os amigos.

As marcas de material esportivo estão trazendo lançamentos bastante ousados nas chuteiras. Já mostramos que a Adidas lançou uma chuteira sem cadarços recentemente, teve as chuteiras góticas de Özil e até uma tendência que vemos crescendo cada vez mais: o das clássicas chuteiras pretas.

Em novembro, Messi também lançou uma chuteira personalizada. E a criatividade dos artistas que fazem chuteiras também já fizeram um modelo baseado na pop art. Na comemoração dos 30 anos de “De Volta Para o Futuro”, já mostraram como seria uma chuteira baseada no filme. Os lançamentos de chuteiras têm ganhado muito destaque, Em outubro, Turan, Götze e David Luiz foram protagonista de um game de 8 bits para lançarem novas chuteiras.

Neymar tornou ainda mais famoso o lema “Ousadia e Alegria” e tem até mesmo tatuadas estas palavras. Por isso, a Nike escolheu justamente isso para ser o tema da chuteira do craque do Barcelona e da Seleção Brasileira. “Eu associo ‘Alegria’ com as duas coisas que eu mais amo na vida, jogar futebol e a alegria de viver, e ‘Ousadia’ em fazer algo diferente sendo ousado, aquilo que as pessoas não esperam ver”, declarou Neymar na divulgação do produto.

Para promover o lançamento da chuteira, Bruno Big foi o responsável por ilustrar uma tela branca gigante com mil caixas da chuteira. O artista entregou uma das caixas a Neymar. As outras 999 estarão disponíveis para os membros do aplicativo Nike Futebol, seja para ativação, seja para compra. As chuteiras começam a ser vendidas no site da Nike a partir do dia 2 de fevereiro. Neymar deve estrear a nova chuteira em campo nesta quarta-feira, diante do Athletic Bilbao.

“Hoje em dia podemos colocar a personalidade do atleta impressa na sua chuteira”

A Trivela conversou com Bruno Big sobre como foi desenvolver essa chuteira personalizada para Neymar. Confira:

Trivela: Bruno, qual é a sua relação com futebol? Como você começou a gostar e para qual time você torce?
Nasci em uma família rubro-negro mas sou um grande perna de pau, lá em casa os craques são meu pai e meus irmãos. Eu era aquele que ficava desenhando no canto do campo.

Você já trabalha com a Nike há algum tempo, como em trabalhos para o lançamento da camisa da Seleção e o design da loja da Nike em Ipanema. Como foi poder juntar o seu trabalho com futebol de forma tão direta?
Sempre é um desafio trabalhar e desenvolver projetos com uma visibilidade tão ampla, eu me sinto super honrado por ser convidado pela Nike para participar desses projetos. É delicado trabalhar diretamente com um paixão nacional, tenho que estar muito atento para suprir os direcionamentos que me passam para criar, eu aprendo bastante a cada projeto.

O estilo da chuteira do Neymar parece muito urbano, algo que conversa muito com muitos dos seus trabalhos. Como foi a conversa com Neymar para chegar a esse design? Qual foi o maior desafio para desenvolver o design dessa chuteira?
Durante o processo criativo lidei diretamente com a Nike. Do briefing aos feedbacks do atleta,  eles me passavam as ideias e eu desenvolvia os desenhos. Foi muito gratificante conhece-lo ao final do projeto pra entregar a chuteira que ele vai isar em campo

Durante décadas as chuteiras eram pretas e tinham pouca diferença entre si. Desde os anos 1990, elas passaram a ser parte do estilo de cada jogador e são peças de design elaboradas, e não apenas uma ferramenta dos jogadores. Como você vê essa simbiose cada vez maior entre engenharia de produto  e arte?
São colaborações muito interessantes, hoje em dia podemos colocar a personalidade do atleta impressa na sua chuteira, a atual tecnologia nos permite isso. E a colaboração entre a marca, atleta e artista agrega muito valor ao produto.

A chuteira sempre teve um formato próprio, mas até isso mudou recentemente, com uma chuteira da Nike que parece uma bota de tecido. Se te pedissem para pensar em um novo formato para chuteira, o que você imagina?
Eu não participo do design do produto, não posso comentar, isso pois não é a minha área de atuação. Eu desenvolvo apenas as ilustrações para serem aplicadas nos produtos. Apenas sei que o modelo Hypervenom é reconhecido mundialmente por sua funcionalidade e tecnologia.

Muitos torcedores gostam do design clássico de chuteiras, toda em preto. Como incorporar a arte sem perder a tradição?
Esse é um grande desafio, pois a tradição e o novo tendem ao conflito. Mas as cabeças criativas da Nike estão sempre solucionando os desafios e eu me sinto super honrado de poder agregar minha arte nesse processo.

Você já foi chamado para trabalhar no design de alguma camisa? Gostaria de trabalhar no desenvolvimento da próxima camisa da Seleção? O que pode ser feito em termos de design?
Desenvolvo ilustrações para marcas profissionalmente há mais de 15 anos, já tive um estúdio de design e hoje trabalho por conta própria. É sempre uma honra desenvolver um projeto para a Seleção Brasileira.