O Ajax protagonizava um início de temporada impecável, inclusive na Champions League. A equipe oscilou durante as preliminares, mas começou a fase de grupos com o pé na porta, ao conquistar vitórias amplas sobre Lille e Valencia. No entanto, o primeiro desafio de peso dos Godenzonen conteve a empolgação. O time de Erik ten Hag não fez uma apresentação tão boa na Johan Cruyff Arena e perdeu a invencibilidade ao Chelsea. Em uma partida igual, os Blues deram um passo à frente quando acionaram o seu banco de reservas. Christian Pulisic e Michy Batshuayi fizeram a diferença, em vitória por 1 a 0 que impulsiona os ingleses no Grupo H.

Ao longo do primeiro tempo, o equilíbrio prevaleceu na Johan Cruyff Arena. As marcações funcionavam bem, com destaque ao trabalho de garotos como Fikayo Tomori e Édson Álvarez. As duas equipes tiveram os seus momentos, mas sem criar lances tão claros. Os próprios goleiros não seriam tão exigidos, com André Onana limitado a uma defesa. Quem precisou de atenção foi a arbitragem. O Ajax chegou a balançar as redes aos 35, num chute de Hakim Ziyech que Quincy Promes completou dentro da área. Porém, o VAR flagrou o impedimento de poucos centímetros e anulou o lance.

Na volta ao segundo tempo, o Ajax teve o seu melhor momento aos 14 minutos. Álvarez emendou de cabeça e carimbou a trave de Kepa Arrizabalaga. Entretanto, quem conseguiu quebrar a igualdade durante a etapa complementar foi o Chelsea. Frank Lampard mexeu bem no time, com as entradas de Christian Pulisic e Michy Batshuayi oferecendo um novo ímpeto ofensivo. Durante os 20 minutos finais, os Blues conseguiram encontrar os espaços na defesa holandesa e fizeram por merecer a vitória.

Batshuayi participava bastante das conclusões. Assim que entrou no lugar de Tammy Abraham, exigiu defesa de Onana e ainda perdeu um ótimo lance diante da meta. O Chelsea insistia e, embora quase o Ajax tenha aproveitado um contra-ataque, o gol decisivo dos ingleses saiu aos 41. Pulisic recebeu de Mason Mount na esquerda e rabiscou para cima da marcação, antes de executar o cruzamento rasteiro. Marcos Alonso deixou a bola passar e Batshuayi foi oportunista para apenas escorar. Não haveria tempo a qualquer reação.

Chelsea e Ajax aparecem igualados na ponta do Grupo H da Champions. Ambos somam seis pontos, com os ingleses à frente graças à vantagem no confronto direto. Os dois aguardam o resultado da visita do Valencia ao Lille, que complementa a rodada desta quarta.

Classificações Sofascore Resultados