Os grandes duelos da história de Cruzeiro x São Paulo e Inter x Atlético Mineiro

Com a definição dos confrontos brasileiros nas oitavas da Libertadores, relembre jogos históricos envolvendo os gigantes

 

Pela primeira vez na história, a Copa Libertadores reserva dois confrontos brasileiros para as oitavas de final: Cruzeiro x São Paulo e Internacional x Atlético Mineiro. Os dois campeões nacionais de 2014 contra duas das equipes mais vitoriosas do país na última década. A camisa entorta o varal para qualquer lado, enquanto todos possuem no currículo o título continental. As campanhas na primeira fase credenciam cruzeirenses e colorados, mas certamente a dupla não esperava um destino tão duro logo de cara nos mata-matas, diante dos fortalecidos são-paulinos e atleticanos – que saíram em alta depois da rodada desta quarta.

VEJA TAMBÉM: Este é o caminho dos mata-matas da Libertadores 2015 até a decisão

Diante de uma história tão rica, os duelos já estão gravados na história do futebol brasileiro. Cruzeiro e São Paulo decidiram Copa do Brasil há 15 anos, enquanto protagonizaram grandes jogos pela Libertadores na virada da década. Atlético Mineiro x Inter, por sua vez, marcou dois grandes esquadrões da década de 2000, que voltaram ao topo do país mais recentemente. Sem dúvidas, partidas abertas, ainda mais se tratando de clássicos nacionais.

Abaixo, relembramos quatro jogos: uma grande vitória para cada lado nos confrontos diretos ao longo da história. Confira.

Cruzeiro x São Paulo – Copa do Brasil de 2000

A maior emoção de uma geração de cruzeirenses aconteceu na final da Copa do Brasil de 2000. Durante a década de 1990, os dois clubes se enfrentaram em duas decisões continentais: a Recopa Sul-Americana e a Copa Ouro, com um título nos pênaltis para cada lado. A chance de desforra, então, veio na competição nacional. E, após o 0 a 0 no Morumbi, o São Paulo ia ficando com a taça no Mineirão. Acabou surpreendido pela virada do Cruzeiro, sobretudo pelo inesquecível gol de Geovanni cobrando falta, aos 45 do segundo tempo.

São Paulo x Cruzeiro – Libertadores de 2010

No caminho até a decisão do ano anterior, o Cruzeiro passou por cima do São Paulo nas quartas de final da Libertadores de 2009, com duas vitórias. Mas o Tricolor precisou de apenas alguns meses para poder buscar a vingança, também nas quartas de final. Hernanes e Dagoberto foram os heróis nos dois encontros. A dupla anotou os tentos na vitória por 2 a 0 no Mineirão e repetiu a dose na semana seguinte, dentro do Morumbi. A caminhada dos são-paulinos naquele torneio, contudo, se encerrou nas semifinais, contra o Internacional.

Atlético Mineiro x Internacional – Brasileiro de 1980

O ponto final do Internacional de Falcão no Brasileiro foi escrito pelo Atlético Mineiro de Reinaldo. Os dois esquadrões se cruzaram na semifinal de 1980, ambos candidatíssimos ao título. Os colorados buscaram o empate por 1 a 1 no Mineirão, mas acabaram atropelados dentro do Beira-Rio: 3 a 0 para o Galo, com um gol de Reinaldo e dois de Éder – além da expulsão de Mário Sérgio pelos gaúchos. Aquela era a despedida de Falcão pelo Inter do torneio que conquistou três vezes. Na decisão, os atleticanos acabaram derrotados pelo Flamengo, em um resultado que contestam até hoje.

Internacional x Atlético Mineiro – Brasileiro de 1976

Originalmente, tínhamos considerado o duelo pelo Campeonato Brasileiro de 2009. Mas como bem lembrou o leitor Rafael Froner, o jogo da semifinal do Brasileiro de 1976 é bem mais emblemático – não apenas pela importância, como também pelo momento dos clubes. Em partida única realizada no Beira-Rio, o Inter saiu em desvantagem, mas buscou a virada a partir dos 28 minutos do segundo tempo. E o gol decisivo, no primeiro minuto dos acréscimos, foi uma pintura: jogada coletiva da equipe de Rubens Minelli, em que os colorados não deixaram a bola cair e colocaram os atleticanos na roda. Coube a Falcão fuzilar o goleiro Ortiz e colocar o Inter na decisão de seu segundo título nacional.