O Grupo C das Eliminatórias da Copa abriu sua última rodada já resolvido. A Alemanha estava classificada desde quinta-feira. Se havia algum interesse, este seria da Irlanda do Norte. Por mais que os britânicos não pudessem ser alcançados na segunda colocação, precisavam se confirmar entre os oito melhores para ficar com a vaga na repescagem. Mas, graças ao tropeço da Escócia, nem disso dependiam mais. Assim, foram três jogos protocolares para encerrar a chave, com sua dose de brilho. A Alemanha goleou o Azerbaijão por 5 a 1 em Kaiserslautern, com direito a uma obra-prima de Leon Goretzka, além de outro golaço de Emre Can.

VEJA TAMBÉM: Lá vem eles de novo: Cada vez mais consistente neste ciclo de renovação, a Alemanha se confirma na Copa

Diante das circunstâncias, Joachim Löw aproveitou a ocasião para rodar o time. Testou diversos jogadores contra os lanternas da chave. Foram sete mudanças em relação à vitória sobre a Irlanda do Norte, apostando até mesmo em uma formação diferente, com três homens na zaga e alas mais ofensivos. E o primeiro gol saiu aos oito minutos, em lance genial de Goretzka. De costas para o gol, o meio-campista resolveu emendar um “coice” de calcanhar e anotou uma pintura.

O Nationalelf, porém, errava demais na conclusão das jogadas e permitiu o empate dos azeris, aos 34 minutos. Ramil Seydayev puxou o conta-ataque e, com a lesão de Shkodran Mustafi na arrancada, ficou com o caminho livre para vencer Bernd Leno. Pouco antes, Niklas Süle também havia se machucado. O goleiro Kamiran Agayev ia salvando os visitantes, mas o segundo gol seria inevitável no início da etapa final, com Sandro Wagner. Logo depois, Antonio Rüdiger e Leon Goretzka aumentaram a vantagem, dando contornos à goleada. A Alemanha tirou o pé do acelerador, fechando a conta apenas aos 36. Lance de extrema felicidade de Emre Can, soltando a pancada do meio da rua.

A Alemanha encerra a campanha nas Eliminatórias com 100% de aproveitamento: 30 pontos em 10 rodadas, além de 43 gols marcados e apenas quatro sofridos. Na segunda colocação, a Irlanda do Norte perdeu em sua visita à Noruega, por 1 a 0, com Chris Brunt anotando um gol contra bizarro. Já a República Tcheca cumpriu tabela goleando San Marino por 5 a 0. Michal Krmenčík foi o destaque da noite, com dois gols.