Em uma região de confrontos quentes, Dinamo Zagreb e Hajduk Split fazem um dos maiores clássicos do leste europeu. A animosidade histórica entre as duas cidades ganhou força no futebol a partir da década de 1920, atravessando diferentes momentos dentro do contexto geopolítico dos Bálcãs. Desde a independência da Croácia, a dupla de ferro domina o cenário local. Ainda que o Dinamo venha se dando muito melhor nos últimos anos.

Nesta quarta, os rivais disputaram o Dérbi Eterno de número 322, o 207° oficial. E, como era de se esperar, o Estádio Poljud contou com um ambiente excepcional, com cerca de 30 mil fanáticos nas arquibancadas. Show comandado pela Torcida (em português mesmo), o principal grupo de ultras do Hajduk. Porém, os anfitriões mais uma vez tiveram que amargar a derrota. O Dinamo goleou por 4 a 0, ultrapassando os adversários para assumir a liderança do Campeonato Croata depois de quatro rodadas. Desde 2010, são 17 vitórias do Dinamo e apenas duas do Hajduk no clássico. Valeu pelo espetáculo:

Trivela1