O Olympique de Marseille é o único clube francês que já foi campeão europeu. Isso aconteceu em 1993, e finalizou uma história que começou em 1988 e resultou em um tetracampeonato nacional, uma Copa da França e o fim de um incômodo jejum. É este o homenageado do Meu Time de Botão, apresentado por Leandro Iamin  e Matias Pinto.

LEIA TAMBÉM: Olympique de Marseille já pagou caro por subornar adversário

No programa você vai perder as contas dos gols que Papin fez, vai ouvir sobre Desailly, Deschamps, Francescoli, Abedi Pele, Cantona (ele mesmo!), Tiganá, Amoros, Mozer, Rudi Voller, Boksic e até Beckenbauer! Sim, ele fez parte da direção desse time. Na trajetória do OM até o título europeu, teve um vice-campeonato dolorido diante do Estrela Vermelha, uma eliminação revoltante contra o Benfica e uma arbitragem cega, um presidente excêntrico e pouco ortodoxo, além de muitas outras histórias que só fazem sentido quando Boli, franco-marfinense, cabeceia a pelota para o fundo das redes do Milan na final de 1993.

Um time que teve de lidar com uma tragédia que matou 18 torcedores em 1992 e com o escândalo que arrancou de suas mãos a taça de pentacampeão francês e o passaporte internacional, o que impediu o time de enfrentar o São Paulo em Tóquio, por exemplo. Não faltam histórias para esse time, e algumas delas são contadas aqui.

Ouça: