O Campeonato Turco é um dos poucos que continuam em andamento no futebol europeu. Neste domingo, o Trabzonspor tem um duelo crucial contra o Istambul Basaksehir, ambos empatados em 52 pontos na ponta da tabela, mas um de seus principais jogadores, o volante John Obi Mikel, não acha que seja o momento ideal para jogar bola, em meio à pandemia de coronavírus.

MAIS: QUAIS CAMPEONATOS FORAM SUSPENSOS? QUAIS FECHARAM OS PORTÕES?

A Turquia registrou seu primeiro caso de COVID-19 na última quarta-feira e, segundo contagem da Universidade John Hopkins, é um dos países menos afetados do mundo, com apenas cinco infecções relatadas até agora. O governo determinou a suspensão de escolas e universidades, além de portões fechados para eventos esportivos, na tentativa de restringir a disseminação do vírus.

Ao contrário de outras ligas europeias, no entanto, a Superliga Turca segue em frente, pelo menos neste fim de semana e sem torcida, para o contragosto do nigeriano e ex-jogador do Chelsea, que atuou 17 vezes na competição como titular.

“Há mais na vida do que futebol. Não me sinto confortável e não quero jogar futebol nesta situação. Todos deveriam ir para casa com suas famílias e entes queridos neste momento crítico. A temporada deveria ser cancelada porque o mundo está lidando com momentos turbulentos”, afirmou o jogador de 32 anos, em seu Instagram.

Falcao García, preparando-se para enfrentar o Besiktas pelo Galatasaray, neste domingo, concordou com o colega: “Você tem razão, John. A vida é mais importante que o futebol”. O ex-jogador Didier Drogba também comentou a postagem de Obi Mikel: “Palavras de sabedoria”.