Xabi Alonso não demorou a dar os seus primeiros passos como treinador. Depois de se aposentar no Bayern de Munique em 2017, o craque do meio-campo deixou claro que buscaria novas empreitadas em sua trajetória no futebol. Logo iniciou sua preparação para ocupar um lugar à beira do gramado e, nesta semana, assumiu o primeiro emprego: está de volta ao Real Madrid. Mas, por enquanto, quem terá a honra de trabalhar com o veterano não são os profissionais. Ele treinará o equivalente ao sub-13 merengue. Garotos que terão o privilégio de aprender com quem sabe muito.

“Após 17 anos neste esporte, eu considerei o próximo passo da minha carreira. Eu decidi ser treinador. Vocês descobrirão em breve onde será”, declarou Xabi Alonso, logo após se despedir do Bayern. Carlo Ancelotti ainda tentou convencê-lo a permanecer na Baviera, já atuando como seu assistente, mas o meio-campista recusou. No início desse ano, ele passou a fazer os cursos promovidos pela Uefa, através da federação espanhola, visando obter as licenças A e B para ser técnico. Por enquanto, vai aprimorar seus métodos no dia a dia com os adolescentes do Real Madrid.

Aos 36 anos, Xabi Alonso entrou em acordo para passar ao menos os próximos 12 meses junto do sub-13 do Real. Não é o único ex-jogador do clube a assumir um posto, aliás. Na semana passada, Raúl González havia passado a comandar o sub-16. Além disso, uma série de ídolos passaram pelas categorias formativas como treinadores – e o melhor exemplo disso é o de Zinedine Zidane. Difícil dizer se Xabi terá tamanho sucesso, mas, por sua postura em campo e pelos elogios que costuma receber, este pode ser o início de uma trajetória de sucesso.


Os comentários estão desativados.