Depois de Partizan Belgrado e da seleção romena, o Slovan Bratislava foi mais um time a conseguir uma pena alternativa junto à Uefa após ser punido por racismo nas arquibancadas. Os eslovacos deveriam enfrentar o Wolverhampton, pela Liga Europa, com os portões fechados, após insultos discriminatórios ocorridos durante a partida contra o PAOK nas preliminares. No entanto, a equipe da casa ganhou permissão da entidade continental para encher as tribunas com crianças menores de 14 anos. De virada, os ingleses buscaram a vitória por 2 a 1.

A pena alternativa gerou questionamentos e insatisfação em parte dos visitantes. A torcida do Wolverhampton se queixou por ter recebido uma carga menor de ingressos. Além disso, alguns jogadores indagaram se as 20 mil crianças no estádio representariam uma real punição. O técnico Nuno Espírito Santo, por sua vez, preferiu olhar a outro ponto e pensar como tal ação pode ser eficiente ao futuro.

“Nunca a punição é suficiente, até que possamos acabar com o racismo. Não quero decidir as penas, o que não gosto é ver esses casos acontecendo. Racismo é um problema social, cabe a nós erradicá-lo do futebol e da sociedade. É uma coisa tão estúpida que não consigo entender. Espero esse jogo que sirva de exemplo ao futuro, que alguém explique às crianças por que elas estão no estádio. Então, elas poderão crescer sabendo que o racismo é a coisa mais absurda na vida”, analisou o treinador, em entrevista coletiva.

De fato, o Estádio Národný tinha um clima diferente. Acompanhadas por alguns adultos, as crianças ganharam os ingressos em suas escolas ou em instituições esportivas. Os pequenos torcedores encheram as tribunas, levaram faixas e participaram do jogo. Só não conseguiram ajudar o Slovan Bratislava a vencer.

O time da casa até abriu o placar, com Andra Sporar, aos 11 minutos. No entanto, o Wolverhampton buscou o prejuízo no segundo tempo e virou o placar, com gols de Roman Saïss e Raúl Jiménez. Os ingleses somam seis pontos, na segunda colocação do Grupo K da Liga Europa. Os eslovacos caíram à terceira posição, com quatro pontos.