Entre os clubes pequenos de Londres, o Leyton Orient sustenta uma respeitável tradição. A equipe historicamente transitou pelas divisões de acesso, exceção feita a uma breve aparição na elite em 1962/63. Ainda assim, a sequência de rebaixamentos sofrida ao longo desta década se tornou um baque à diminuta torcida, somada à crise financeira e aos atrasos salariais. Entre 2015 e 2017, foram dois descensos seguidos que privaram a agremiação da Football League pela primeira vez em 112 anos. E, depois encontrar novos donos naquele período obscuro, o Orient está de volta aos níveis profissionais após dois anos militando na quinta divisão. Com uma campanha imponente, conquistou o título da competição e assegurou o único acesso direto. Como era de se esperar, o feito provocou uma imensa invasão de campo em Brisbane Road.

Enquanto o Leyton Orient se garante, outras seis equipes vão para os mata-matas. Wrexham, Fylde, Harrogate Town e Eastleigh entrarão nas quartas de final. Já Soulihull Moors e Salford City (o clube administrado pela Classe de 92 do Manchester United) ganharão um lugar direto nas semifinais. O campeão desses playoffs acompanhará o Orient rumo à League Two.