O Aston Villa conseguiu uma vitória crucial para se manter vivo na dura disputa contra o rebaixamento. Em casa, o time venceu o Crystal Palace por 2 a 0, com dois gols de Trezeguet, e assim somou pontos que dão ao time um pouco de esperanças, embora a situação ainda seja muito difícil para o clube de Birmingham.

O jogo começou com o zagueiro do Palace, Mamadou Sakho, marcando o primeiro gol do jogo. A bola bateu no seu ombro e foi revisada pelo VAR. A revisão demorou, o que incomodou os jogadores, e no fim o gol foi considerado ilegal e, portanto, anulado.

O primeiro gol saiu aos 49 minutos do primeiro tempo. A bola saiu de uma cobrança de falta da esquerda e sobrou na segunda trave para Trezeguet, livre, finalizar e mandar para a rede: 1 a 0 para o mandante do Villa Park.

O segundo gol saiu no começo do segundo tempo, aos 13 minutos. Depois de um cruzamento da direita, a zaga do Crystal Palace afastou, mas Conor Hourihane tocou de cabeça e a bola sobrou para Trezeguet livre dentro da área. A zaga do Palace saiu inteira, mas Scott Dann demorou a sair e deixou o egípcio em condição. Ele finalizou e marcou: 2 a 0.

Nos acréscimos, Christian Beneteke ainda foi expulso por comportamento violento, o que só deixou as coisas piores para o Palace. Foi a quinta derrota consecutiva do Crystal Palace, que teve um ótimo início de temporada e, por isso, não está brigando contra o rebaixamento.

“Nós estamos tendo dificuldade nesta temporada e não há como fugir disso”, afirmou Dean Smith, depois do jogo. “Nós não conseguimos os pontos que precisamos, mas ainda estamos no torneio”.

Foi a primeira vitória do time desde o dia 21 de janeiro. O time não conseguia vencer há 11 partidas da Premier League, desde antes da paralisação e incluindo esta volta. Os Villans chegaram a perder cinco jogos seguidos, ainda antes da paralisação pela pandemia da COVID-19. A vitória traz alguma esperança, mas o time ainda está a quatro pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Watford.

Classificações Sofascore Resultados