O Mineirão para sempre será um lugar de doces lembranças à seleção da Alemanha. E, dois anos depois do eterno 7×1 na semifinal da Copa do Mundo de 2014, o Nationalelf voltou a desfrutar de uma goleada em Minas Gerais. Os alemães até esperavam um massacre sobre Fiji, mas talvez não de forma tão imponente, com dois dígitos: os comandados de Horst Hrubesch enfiaram 10 a 0 nos adversários, a maior goleada do torneio masculino de futebol olímpico desde 1964, quando o Egito atropelou a Coreia do Sul pelo mesmo placar.

VEJA TAMBÉM: Foi a própria AFA quem cavou o buraco para o papelão da Argentina nos Jogos Olímpicos

Diante das perspectivas para um time composto majoritariamente por amadores, no qual mesmo a resistência física apontava enormes discrepâncias, Fiji se superou nos Jogos do Rio de Janeiro. Aguentou firme o primeiro tempo diante da Coreia do Sul, embora tenha se perdido no segundo. Já diante do México, até saiu em vantagem com o profissional Roy Krishna, mas terminou levando outra goleada. A Alemanha, por sua vez, não quis brincadeira. Fechou os 45 minutos iniciais em 6 a 0, com três tentos de Nils Petersen, um dos atletas acima da idade limite de 23 anos.

O centroavante do Freiburg fechou a tarde em Belo Horizonte com cinco gols. Ao seu lado, outros destaques foram Max Meyer (três gols, além de um pênalti perdido) e Serge Gnabry (dois gols). O resultado serve para revigorar o moral da Alemanha, que, mesmo com um bom elenco, não fez grandes exibições nas duas primeiras partidas. Por isso mesmo, o Nationalelf passa em segundo e terá um desafio considerável nas quartas de final, diante de Portugal.

A liderança ficou com a Coreia do Sul, derrubando os atuais campeões. Os asiáticos dependiam de apenas um empate contra o México, graças ao saldo superior feito contra Fiji. Ainda assim, os sul-coreanos buscaram a vitória por 1 a 0, com gol anotado por Kwon Chang-Hoon. Na próxima fase, enfrentam Honduras. Considerando o nível técnico dos Jogos Olímpicos até o momento, não seria surpreendente se as duas seleções do Grupo D brigassem por medalhas. Ainda que Fiji tenha inflacionado as boas impressões sobre alemães e sul-coreanos.

Chamada Trivela FC 640X63